Ana Sátila fica em quinto lugar na etapa da Eslovênia da Copa do Mundo de Canoagem Slalom


Foi disputado no último fim de semana em Ljubljana (SLO) a terceira etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom. As provas foram disputadas no circuito de Lacen.

No K-1 feminino, quatros primeiras colocadas foram separadas por menos de um segundo de diferença, em que a vitória ficou com a italiana Stefanie Horn, seguida da eslovena Eva Tercelj e da ucraniana Viktoriia Us. A brasileira Ana Sátila disputou a final, porém teve problemas em sua descida, perdendo duas porta e tendo um total de 106 segundos de penalização, ficando assim em 10° lugar.

Na classificação geral da categoria, a austríaca Corinna Kuhnle lidera com 138 pontos, cinco a mais que a eslovena Eva Tercelj. A brasileira Ana Sátila está em nono lugar com 84 pontos.

No C-1 feminino, a australiana Jessica Fox desencantou e venceu sua primeira etapa na temporada. A austríaca Viktoria Wolffhardt ficou em segundo e a jovem americana de 15 anos Evy Leibfarth ficou em terceiro. A brasileira Ana Sátila novamente teve problemas em sua descida, perdendo bastante tempo ao ter a sua canoa virada e acabou chegando na quinta colocação.

Jessica Fox lidera a classificação geral com 142 pontos, trinta a mais que Viktoria Wolffdardt. Ana Sátila está em terceiro lugar com 107 pontos.

No C-1 masculino, a vitória ficou com o italiano Roberto Colazingari, com o esloveno Anze Bercic em segundo e o eslovaco Alexander Slafkovsky em terceiro lugar. Na classificação geral, o esloveno Luka Bozic lidera com 132 pontos, sete a mais que o eslovaco Matej Benus.

No K-1 masculino, a vitória ficou com outro italiano, já que Giovanni de Gennaro venceu a prova com o tempo de 83.10, apenas cinco centésimos à frente do esloveno Peter Kauzer, com o tcheco Jiri Prskavec completando o pódio. Prskavec que lidera a classificação com 149 pontos, doze à frente de Peter Kauzer.

Outros três brasileiros disputaram a etapa. Mathieu Desnos e Pedro Gonçalves foram até a fase semifinal do K-1, enquanto Felipe Borges não passou das eliminastórias do C-1. Pedro Gonçalves chegou até a final do K-1 Extremo, onde conquistou a medalha de prata. O ouro ficou com o canadense Ben Hayward.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes