#1anoParaTóquio2020 - O anime que 'previu' os Jogos de Tóquio 2020



Não é só o desenho 'Os Simpsons' que consegue 'prever' o futuro em suas histórias. Um caso no Japão ganhou notoriedade assim que a cidade de Tóquio foi escolhida pelo COI como a cidade dos jogos olímpicos de 2020. O 'anime' Akira, que marcou época nos 80, tem como sua história de ficção científica ambientada às vésperas dos Jogos olímpicos de 2020 na fictícia cidade de Neo Tóquio.

Criado por Katsuhiro Otomo, o mangá 'Akira' fez sucesso logo no seu lançamento em 1982. Otomo é considerado o pai do gênero cyberpunk com essa obra, que é ambientada na já citada Neo Tokyo, criada após Tóquio ser destruída por uma bomba atômica durante a III Guerra Mundial em 1989. Trinta anos depois, quando a história se passa, o aspecto da nova cidade era fome, sujeira, delinquência e forte aparato militar que nem lembram o Japão da vida real.

Dentre os delinquentes, existe uma gangue de motoqueiros que Tetsuo e Caneda fazem parte. Em uma briga com uma gangue rival, Caneda acaba atropelando uma criança que tinha escapado de um programa secreto do governo que investigava crianças com poderes psíquicos. Caneda e a criança são capturados, e os poderes latentes de Caneda são acordados após experiências desse programa, que tinha seu laboratório embaixo da construção do Estádio olímpico que seria usado nos jogos olímpicos de 2020. A construção do parque olímpico também é construída no local onde a bomba que destruiu Tóquio caiu. E o Estádio Olímpico em construção para os Jogos ainda é palco da batalha final do anime.


O interessante é que o aspecto que guiou a candidatura de Tóquio na vida real e no anime é o mesmo: Mostrar o poder de reconstrução dos japoneses. Em 2011 candidatura serviria "aos interesses nacionais" de unir a nação "como símbolo da recuperação do Grande Terremoto do Japão Oriental", em referência ao maremoto que provocou o desastre nuclear de Fukushima em março de 2011. O Japão foi escolhido como sede em 2013.

A diferença é que no anime, apesar do ideal de unir a nação era o mesmo, o papo de mostrar para o mundo que a cidade renasceu é apenas fachada e as construções para os jogos de 2020 serviam para esconder os projetos com crianças com super poderes do exército e do governo autoritários mantinham. 

Outro aspecto interessante é o foco no combate ao lixo eletrônico, Enquanto na vida real o comitê olímpico de Tóquio 2020 vem usando material reciclado na confecção de medalhas e pódios, no anime a cidade é tomada pela sujeira dos equipamentos eletrônicos descartados por uma cidade altamente tecnológica.

O único 'erro' na previsão de 'Akira' é o número da edição dos jogos olímpicos: Em uma placa que aparece em uma cena do anime, diz "Faltam 147 dias para a trigésima edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio, com o esforço de todos, faremos deles um sucesso.". Na verdade a Olimpíada de Tóquio será a trigésima segunda edição dos jogos olímpicos. O 'erro' tem a justificativa de que por conta da III guerra mundial ocorrida na história do anime, algumas edições dos Jogos foram canceladas, assim como aconteceu nas duas primeiras guerras mundiais.


'Akira' marcou época por conta de sua enredo, de sua qualidade na animação que influenciou centenas de histórias no Japão e no mundo, onde fez sucesso absoluto. A história é considerada um dos marcos do gênero "seinen", que são animes com uma temática mais adulta, com violência exacerbada e histórias mais realistas e complexas. 

No Japão, em alguns tapumes que escondem as obras dos jogos de Tóquio alguns fãs colocaram algumas artes de 'Akira' e já foram feitas petições para que o 'Kaneda's Theme' fosse tocado na cerimônia de abertura dos Jogos. 


O comitê olímpico de Tóquio escolheu vários personagens de anime como embaixadores dos jogos e muitos sentiram falta de Caneda entre eles, por conta da ligação do anime e os jogos. Mas ele ficou de fora inicialmente. Mas vai que ele e sua icônica moto aparecem na cerimônia de abertura?

fotos: Reprodução e @Real_Kilometers (última foto)

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes