Yohansson Nascimento melhora o tempo em 1 centésimo e garante vaga no Parapan de Lima 2019


O alagoano Yohansson Nascimento foi um dos atletas que atingiu o índice para participar dos Jogos Parapan-Americanos, a partir de 23 de agosto, em Lima, no Peru. Ele e outros 125 atletas participaram da quarta edição do Desafio CPB/CBAt, que reuniu atletas com e sem deficiência na pista do Centro de Treinamento Paralímpico, São Paulo.

A data da competição coincide com o último dia alcançar as marcas mínimas para integrar a delegação que irá aos Jogos Parapan-Americanos de Lima, a partir de 23 de agosto. A lista com a delegação completa para a competição será divulgada no dia 18 de julho.

Yohansson correu os 100m na manhã deste domingo em 10s87 na classe T47 (para amputados de braço) e carimbou o passaporte por apenas um centésimo. O sul-matogrossense Fabrício Ferreira (T12) e o fluminense Felipe Gomes (T11) também conseguiram o índice para Lima 2019 neste domingo de sol na capital paulista.

“Muita gente pode achar que eu estou velho ou que estou no momento de me aposentar, mas o importante é estar pronto para correr na hora certa”, comentou Yohansson, após a prova.

O maceioense, que nasceu sem as duas mãos, tem 31 anos e vai para sua quarta participação em Parapans. Desde o Rio 2007, quando ainda tinha 19 anos, Yohansson já acumulou oito pódios na maior competição continental, sendo cinco deles no ponto mais alto. “Pode ter certeza que eu quero aumentar minha coleção de medalhas. Vou para Lima como se fosse meu primeiro Parapan, porque quero dedicar esta competição ao meu filho Yan, que nasceu em outubro de 2018”, afirmou.

Uma hérnia de disco deixou-o fora das pistas por dois meses, justamente no momento de sua preparação em que previa alcançar as marcas necessárias para ir ao Parapan de Lima.

Já a marca de Fabrício Ferreira, que tem baixa visão, veio com menos sofrimento e com uma evolução significativa nos tempos. Ele concluiu os 100m neste domingo em 10s83 e carimbou o passaporte. Dois meses atrás, durante a etapa regional Rio-Sul do Circuito Loterias Caixa, em Curitba, ele registrara 11s17. Seu melhor tempo no havia sido 10s94 durante o Open Loterias Caixa, igualmente no CT Paralímpico, em São Paulo.

Já Felipe Gomes, que é cego em decorrência de um glaucoma congênito, correu os 400m em 53s63 e garantiu marca.

A lista com a delegação completa para a competição será divulgada no dia 18 de julho. O Comitê Paralímpico Brasileiro pretende preencher todas as 60 vagas disponibilizadas pelo Comitê Organizador de Lima 2019 para esta modalidade.         

Foto: CPB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes