Tainara e Júlia Bergmann aproveitam chance na seleção principal de Vôlei feminino do Brasil


As jogadoras que disputam a Liga das Nações com a seleção brasileira feminina de vôlei duas ainda são da categoria juvenil. As ponteiras Tainara e Júlia Bergmann, de 19 e 18 anos, respectivamente, foram convocadas pela primeira vez para a seleção adulta sob o comando do treinador José Roberto Guimarães. As jovens vivem na competição anual momentos de aprendizado e realização ao lado de alguns dos seus ídolos no voleibol. As atacantes têm ainda um grande desafio nesta temporada, o Mundial Juvenil que será disputado entre os dias 12 e 21 de julho, no México.

Antes disso, Tainara e Júlia Bergmann seguem com a seleção feminina em Ancara, na Turquia, para a disputa da Liga das Nações. O Brasil jogará com as donas da casa, a Itália e a Bélgica pela quinta semana da competição. O próximo jogo das brasileiras será às 10h (Horário de Brasília) desta terça-feira (18.06) contra a Itália. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

Para a ponteira Tainara, a experiência na Liga das Nações tem sido muito marcante. A atacante lembra com carinho da sua estreia pela seleção adulta ainda na primeira semana em Brasília (DF) contra a Rússia.

“O primeiro jogo que entrei em quadra pela seleção adulta em Brasília foi um momento incrível. O ginásio estava lotado e foi muito emocionante. Quero sempre lembrar dessa sensação. Já na segunda semana na Holanda consegui me soltar mais e fiquei feliz em ajudar o grupo. Acabei sofrendo uma pequena lesão no joelho esquerdo na terceira etapa, mas já estou melhor e treinando normalmente”, disse Tainara, que ainda falou sobre o fato de jogar ao lado de alguns dos seus ídolos no esporte.

“Muitas vezes olho para o lado e ainda não acredito que estou jogando com a Gabi e a Natália. Estou muito feliz e essa competição tem sido a realização de um sonho”, afirmou Tainara.

A jovem atacante ainda comentou sobre a expectativa para a disputa do Mundial da sua categoria.

“O Mundial Juvenil é uma competição muito importante e um dos meus objetivos nesse ano. Quero muito ganhar esse título. Acredito que nossa equipe tem potencial e se preparou muito bem para essa competição. Somos um time alto e forte fisicamente”, analisou Tainara.

Companheira de geração de Tainara, Júlia Bergmann também mostra muito entusiasmo com a oportunidade na seleção adulta.

“É minha primeira vez na seleção principal e tem sido desafiador treinar ao lado de jogadoras como a Gabi e a Natália. Sou muito grata por estar tendo essa oportunidade. As jogadoras e a comissão técnica estão me ajudando a crescer como atleta e pessoa. A primeira vez que entrei em quadra em Brasília foi muito especial. Eu nunca tinha jogado com um ginásio tão cheio e aos poucos o nervosismo foi passando”, disse Júlia, que ainda destacou a partida contra o Japão na quarta semana como um momento especial.

“Foi um jogo que eu estava bem tranquila e acredito que consegui mostrar um pouco do meu voleibol. Fiquei muito feliz”, afirmou Júlia.

A atacante também mostra motivação para a disputa do Mundial Juvenil. “Espero que eu consiga usar no Mundial o que aprendi na Liga das Nações. Queremos esse título. Somos uma geração com jogadoras altas e fortes e temos chance de fazer uma boa campanha”, apostou Júlia.

O treinador José Roberto Guimarães falou sobre a experiência vivida por Tainara e Júlia Bergmann na Liga das Nações.


“As duas estão tendo a oportunidade de participar de uma grande competição que é a Liga das Nações. Elas enfrentaram algumas das melhores jogadoras do mundo. Isso é uma experiência incrível e vai agregar muito na carreira delas tanto na forma de preparação como em relação a treinamento e observação. Elas estão muito focadas e bem preparadas para defender o Brasil no Mundial da categoria delas”, finalizou José Roberto Guimarães.

Foto: CBV

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes