Mundial Sub-21 de Vôlei de Praia 2019 - Dia 1


As brasileiras Thamela e Ingridh (ES/PR) venceram três jogos pelo classificatório e avançaram à fase de grupos do Campeonato Mundial de vôlei de praia Sub-21, disputado na Tailândia. O time comandado pelo técnico Marcelo Carvalhaes entrou em quadra na madrugada desta terça-feira (18.06) – tarde e noite de terça no horário local -, na cidade de Udonthani. Com isso, o Brasil terá três duplas na competição, duas no feminino e uma no masculino.

O classificatório é uma fase que antecede o torneio principal, onde até 22 times disputam em jogos eliminatórios as últimas quatro vagas à fase de grupos, para se unir aos 28 times já garantidos na etapa por conta do ranking de entradas e convite (wild card). Além de Thamela/Ingridh, o Brasil já tinha garantidas as duplas Rafael/Renato e Vitoria/Victoria.

As brasileiras começaram o dia vencendo no round 1 as espanholas Sofia Gonzalez/Aina Munar por 2 sets a 1 (21/18, 16/21, 15/10), em 49 minutos. Horas depois, no round 2, vitória por 2 sets a 0 contra as letãs Brailko/Namike (21/15, 21/18), em 33 minutos. Fechando o dia, na partida decisiva pela vaga, no round 3, elas superaram as tchecas Dunarova/Stochlova por 2 sets a 1 (25/23, 18/21, 15/9), em 52 minutos.

Thamela analisou o bom começo no Mundial, vencendo três jogos e superando a tensão do classificatório.

"Estamos muito felizes pela nossa atuação na estreia, está bastante quente e úmido aqui na Tailândia, e mesmo assim conseguimos manter o ritmo nos três jogos. A intensidade de treinos em Saquarema fez muita diferença e o trabalho em nosso CT também. Estamos muito felizes e animadas para começar bem na fase principal", destacou a capixaba, bloqueadora da dupla.

O técnico Marcelo Carvalhaes, o ‘Big’, analisou a classificação após a maratona de três jogos no mesmo dia, elogiando a capacidade de decisão do time, que jogou dois tie-breaks.

“Tivemos cruzamentos bastante duros, enfrentamos no jogo decisivo uma dupla tcheca que já joga etapas do Circuito Mundial adulto. As meninas cresceram muito, pareciam veteranas, é a estreia da Ingridh em mundiais. Ela suportou muito bem, pois a maior parte dos saques foram nela, manteve a virada de bola. Thamela bloqueou muito bem também. A preparação em Saquarema (RJ) também foi muito importante, com treinos em dois períodos, academia. Deu um suporte físico para sustentar esses três jogos. Agora estão prontas para o torneio principal, vamos descansar e estudar para a sequência da disputa”, destacou.

Além das brasileiras, também avançaram duplas do Canadá, China e Rússia. Thamela e Ingridh estão no grupo E, onde enfrentam na estreia as italianas Chiara They/Reka Orsi Toth. O duelo será às 23h20 desta terça-feira - manhã de quarta na Tailândia. Elas também jogarão contra as alemãs Muller/Schulz e as espanholas Carro/Álvarez.

Já Vitoria/Victoria estão no grupo B e encaram na estreia as russas Frolova/Ganenko na virada de terça para quarta-feira: 00h10 (de Brasília). Completam a chave da dupla as marroquinas Maroua/Debbab e as polonesas Stadnik/Herrmann.

No masculino, Lázaro Lyan e Gabriel Zuliani começaram o dia vencendo os canadenses Abrams/Timukas por 2 sets a 0 (21/15, 21/15), em 21 minutos, mas acabaram superados no round 2, em partida muito equilibrada, pelos alemães Lukas Pfretzschner/Robin Sowa: 2 sets a 1 (21/15, 17/21, 15/13), em 45 minutos, se despedindo do torneio.


Os gêmeos Rafael e Renato, que já estavam garantidos na fase de grupos pelo ranking, caíram no grupo B, onde enfrentam os russos Shekunov/Veretiuk na estreia, na madrugada desta quarta-feira à 1h (de Brasília). Também estão na chave os noruegueses Mosvold/Sunde, em duelo às 7h, e os chilenos Iglesias e Droguett, em partida que ocorre na quinta-feira.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes