Mundial de Tiro com arco 2019 - Último dia


Terminou neste domingo em Den Bosch (NED) a edição 2019 do mundial de tiro com arco. E tivemos como a grande surpresa o fim da hegemonia coreana, que só venceu uma das cinco disputas do arco recurvo, o que faz parte dos jogos olímpicos.

E a vitória da Coreia do Sul foi nas duplas mistas, com Kang Chae Young e Lee Woo Seok derrotando Gabriela Bayardo e Sjef Van der Berg (NED) por 6  a 0. Foi o quinto título consecutivo da coreia nas duplas mistas, em cinco edições em que a prova mista foi disputada. A prata da Holanda acabou sendo a única dos donos da casa no mundial. Itália ficou com a medalha de bronze com Mauro Néspoli e Vanessa Landi.

No individual feminino, Lei Chien-Ying (TPE) surpreendeu e ganhou a recordista mundial Kang Chae Young (KOR), com direito a uma emocionante disputa de desempate, após um empate por 5 a 5. Chae Young fez um 7 na flecha decisiva enquanto Chien-Ying fez um 9 e conquistou um título inédito para ela e para Taipei Chinês. O bronze ficou com Choi Misun, que derrotou Michelle Kroppen por 6 a 0.

No individual masculino também teve emoção, com Brady Ellison (USA) levando o ouro após bater na disputa de desempate Khairul Anuar Mohammad (MAS). Enquanto Mohammad conseguiu um 8 na flecha de desempate, Ellison foi simplesmente perfeito e conseguiu um 10, quebrando um jejum de títulos dos Estados Unidos no arco recurvo que durava desde 1985. Mohammad também conseguiu um feito histórico, com a primeira medalha da Malásia em mundiais. A disputa do bronze foi histórica também. Ruman Shana (BAN) venceu Mauro Nespoli (ITA) e ganhou a primeira medalha de Bangladesh em mundiais.

Nas competições por equipes, a China venceu no masculino o primeiro título mundial da sua história
após vencer a Índia.  A Coreia do Sul foi medalha de bronze. No feminino, O Taipei Chinês a Coreia do Sul, levando o título mundial pela primeira vez. a Grã Bretanha ficou com o bronze.

foto:World Archery

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes