Jogando em Belém, Brasil faz estreia na Copa América de Basquete masculino sub-16


A Seleção Brasileira estreia na Copa América Sub-16 Masculina enfrentando Porto Rico, nesta segunda-feira (03 de junho), às 20h30 (de Brasília), na Arena Guilherme Paraense, em Belém (PA). Os demais jogos da primeira rodada são estes: Canadá x Uruguai (13h30), México x República Dominicana (15h45) e Argentina x Estados Unidos (18h15).

Para o técnico Felipe Santana, o selecionado nacional está preparado para este primeiro desafio. “A preparação correu de forma muito positiva, conseguimos montar uma equipe bastante consistente, os meninos pegaram rápido os conteúdos táticos e estratégicos; terminamos com dois amistosos contra uma equipe física, que joga muito duro, que é a República Dominicana. Já vimos dentro dos amistosos um crescimento muito bom da equipe e todos nós estamos otimistas de que conseguiremos fazer uma boa estreia, pois a preparação foi muito proveitosa”, analisou Santana.

“Porto Rico tem um estilo de jogo semelhante ao da República Dominicana, por isso foi bom termos jogado amistosamente contra este adversário; isso nos deu a chance de termos um parâmetro do que iremos enfrentar na estreia. É uma equipe que atua muito em transição e gosta de jogar no um contra um, então os dois jogos preparatórios foram altamente positivos para fazermos os ajustes visando este duelo inicial”, acrescentou o treinador.

Já na visão do lateral Felipe Motta, o grupo assimilou muito bem tudo o que foi passado ao longo dos treinamentos. “O nosso grupo está pronto, fizemos uma excelente preparação, nosso entusiasmo e entrosamento estão fortes, por isso acredito que podemos enfrentar qualquer adversário. Estamos prontos para essa estreia e, se jogarmos com energia e entusiasmo, colocando em prática o que fizemos nos treinamentos, iniciaremos a nossa participação nesta difícil e importante competição de maneira positiva”, relatou.

“Minha expectativa é alta já que o nosso time treinou muito bem, além de estar entrosado. Espero um bom jogo nesta estreia para sairmos com o resultado positivo, que é o nosso objetivo. Porto Rico tem uma equipe muito física, que vai correr muito e marcar forte, desta forma nós temos que usar a cabeça, ter calma e rodar bastante a bola; fazendo isso, sairemos com o resultado positivo”, acrescentou o pivô Eduardo Sanchez.


“Quero convocar o torcedor paraense para estar ao nosso lado e apoiar a equipe brasileira neste primeiro desafio. O ginásio lotado nos trará uma energia positiva, por isso conto com a presença em grande número dos nossos torcedores”, complementou o ala/armador Matheus Leoni.

Foto: CBB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes