Contra Alemanha, Brasil estreia na terceira semana da Liga das Nações de Vôlei feminino

A seleção brasileira feminina de vôlei estreará na terceira semana da Liga das Nações nesta terça-feira (04.06) contra a Alemanha. O time do treinador José Roberto Guimarães jogará com as alemãs às 18h30 (Horário de Brasília), em Lincoln, nos Estados Unidos.

Além das europeias, as brasileiras enfrentarão nessa etapa a Coréia do Sul e os Estados Unidos.

O Brasil aparece em quinto lugar na classificação geral, com 12 pontos (três vitórias e duas derrotas). A Turquia está na liderança, com 15 pontos, seguida pelos Estados Unidos, Itália e Polônia, todos com os mesmos pontos, mas a colocação sendo definida pelo melhor saldo de sets.

A levantadora Macris comentou sobre a expectativa do Brasil para o duelo contra a Alemanha. A jogadora lembrou que as europeias dificultaram a vida das brasileiras nos últimos dois confrontos entre as equipes. As alemãs levaram a melhor em 2018 tanto na Liga das Nações como no Mundial, respectivamente, por 3 sets a 1 e 3 sets a 2.


“Vamos começar a terceira semana da Liga das Nações contra a Alemanha. A expectativa é de um jogo bem difícil. Nós estamos vindo de duas derrotas para elas no ano passado. Sabemos da evolução que a Alemanha teve nos últimos anos e vamos precisar entrar em quadra focadas para dar o nosso melhor. Estudamos muito a equipe delas e vamos com tudo para essa partida”, garantiu Macris.

O treinador José Roberto Guimarães falou sobre a estreia da ponteira Natália na Liga das Nações. A jogadora está relacionada para os jogos da terceira semana da competição.

“Essa semana será muito importante e vamos ter a estreia da Natália na Liga das Nações. Ela ainda não está pronta para jogar um jogo inteiro, mas a ideia é que ela participe pelo menos de um set de cada jogo. Depende muito de como ela vai se sentir nas partidas, mas é um ponto importante. É uma jogadora que vai somar muito com sua experiência e talento. É um ponto de força bastante importante para o nosso time”, afirmou José Roberto Guimarães, que ainda analisou o primeiro adversário das brasileiras em Nebraska.

“Perdemos para a Alemanha na última edição da Liga das Nações e no Mundial. É um time que tem a Lippmann (oposta) como a sua melhor atacante e que recebe o maior número de bolas. Elas têm uma boa linha de passe e trabalham com velocidade. A levantadora delas é canhota (Hanke) e muito agressiva, além de possuir um bom bloqueio. É um time que tem crescido muito e vai dar trabalho”, analisou José Roberto Guimarães.

Foto: CBV

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes