Brasil fica sem pódios na etapa de Marselha da Copa do mundo de Vela


Os ventos fracos de Marselha neste domingo, dia 9, não foram suficientes para impulsionar Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ao pódio na etapa Final da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). Após longa espera pelo começo da regata da medalha por falta de vento, as velejadoras entraram na água no limite do horário previsto para a largada, cruzando a linha de chegada em quarto lugar e terminando o campeonato na quinta colocação, com 80 pontos perdidos.

A dupla brasileira da 470 feminina faz até aqui uma temporada muito consistente em 2019, com resultados sempre no top 6 dos eventos internacionais de que participaram. Fernanda e Ana foram bronze na Copa do Mundo de Miami, ouro na Copa do Mundo de Gênova, ouro no Sul-Americano, 6º no Troféu Princesa Sofia, na Espanha; e agora o 5º lugar em Marselha.

Também tivemos barcos na Nacra 17 com João Siemsen e Isabel Swan - que terminaram em décimo segundo - e Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino - que ficaram em décimo quinto. 

A Final da Copa do Mundo foi a última das quatro etapas da temporada 2018/2019 do circuito da World Sailing. Com exceção de Marselha, o Brasil foi ao pódio em todas as regatas: Enoshima (Japão), em setembro do ano passado; Miami (Estados Unidos), no último mês de janeiro; e Gênova (Itália), em abril. Ao todo, foram seis medalhas, sendo quatro ouros, uma prata e um bronze.

Agora, as atenções da Equipe Brasileira de Vela se voltam para os eventos do segundo semestre, incluindo os Jogos Pan-Americanos Lima 2019, os Campeonatos Mundiais de cada classe e o evento-teste dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, de 15 a 22 de agosto, em Enoshima. O primeiro Campeonato Mundial de classe olímpica previsto no calendário é da Laser Standard, de 2 a 9 de julho, em Sakaiminato, no Japão.

foto: Jesus Renedo/ Sailling Energy

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes