Brasil fatura quatro medalhas no Pan-Americano de Parataekwondo nos Estados Unidos


A Seleção Brasileira de parataekwondo foi a Portland, nos Estados Unidos, para disputar o Campeonato Pan-Americano da modalidade e subiu ao pódio quatro vezes, no domingo, 16. Uma medalha de ouro foi conquistada por Débora Menezes e três de bronzes por Bruno Mota, Leyliane Samara e Nathan Torquato. Todos são da classe K44, para deficiência em pelo menos um membro superior.

Débora Menezes, 28 anos, ganhou a luta contra a japonesa Oto Shioko por 4 a 2 e se classificou para a final. Em seguida, a paulista venceu a francesa Laura Schiel por 26 a 20 e foi campeã da categoria acima de 58kg. Este ano, a atleta também conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Parataekwondo, que aconteceu em fevereiro, em Antalya, na Turquia.

Em sua primeira luta, Bruno Mota, 24 anos, derrotou o americano Michael Kacer por 24 a 4. Em seguida, ele enfrentou outro anfitrião, Félix Sabate, e venceu por 10 a 4. Na semifinal, o baiano perdeu para Andres Molina, da Costa Rica, por 33 a 3, e encerrou sua participação no torneio no terceiro lugar da categoria até 75kg.

Já Leyliane Samara, foi direto para a semifinal porque sua primeira adversária, a turca Nurchan Ekinci não compareceu. No entanto, Leyliane ficou com o bronze da categoria acima de 58kg ao perder por 38 a 13 para a francesa Laura Schiel, que foi derrotada na final pela Débora Menezes. 

O terceiro bronze brasileiro foi da categoria até 61kg, conquistado por Nathan Torquato, de 18 anos. Ele ganhou a primeira luta contra o japonês Yusuke Hoshino por 22 a 2. Depois, o paulista venceu o turco Mahmut Bozteke por 34 a 22. Na semifinal, ele perdeu para o turco Ali Ozcan por 29 a 8.

O Brasil foi representado em Portland por oito atletas: Alexandre dos Santos (acima de 75kg), Bruno Mota (até 75kg), Cristhiane Neves (até 58kg), Débora Menezes (acima de 58kg), Fabrício Marques (até 61kg), Leyliane Samara (acima de 58kg), Nathan Torquato (até 61kg) e Silvana Mayara (até 58kg).

Outro evento importante desta temporada são os Jogos Parapan-Americanos de Lima, em agosto. O parataekwondo fará sua estreia em Jogos Paralímpicos na edição de Tóquio, em 2020.

Foto; Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes