Agatha e Duda levam o bronze na etapa de Varsóvia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia


A dupla Ágatha e Duda (PR/SE) subiu novamente ao pódio do Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. O time comandado pelo técnico Marco Char conquistou neste sábado (15.06) a medalha de bronze da etapa quatro estrelas de Varsóvia (Polônia) ao superar na disputa as compatriotas Carolina Solberg e Maria Elisa (RJ) por 2 sets a 0 (23/21, 21/16), em 37 minutos. O próximo desafio das equipes brasileiras acontece em Hamburgo (Alemanha), com a disputa da Copa do Mundo, a partir do dia 28 deste mês. 

É a segunda medalha seguida de Ágatha e Duda no Circuito Mundial 2019. No início do mês, a parceria da paranaense e da sergipana havia conquistado o ouro na etapa quatro estrelas de Ostrava, na República Tcheca, superando também um time brasileiro na disputa: Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE). Ao todo, Ágatha/Duda já soma 12 medalhas no tour internacional desde 2017, quando se juntaram, sendo quatro ouros, três pratas e cinco bronzes. 

Ágatha comentou a medalha, lembrou a dificuldade em superar times brasileiros e projetou os próximos passos até a disputa da Copa do Mundo, na Alemanha. 

“Nós amamos subir ao pódio. Claro que gostaríamos de ter levado o ouro, mas quando nós subimos aqui, estamos entre os melhores times do torneio, em um nível muito alto. Quando nós perdemos o jogo da semifinal, estávamos tristes, mas mudamos o foco, o pensamento tinha que ser no jogo seguinte, e voltamos mais fortes. Contra duplas brasileiras, precisamos fazer algo diferente, os times se conhecem muito bem. Duda sacou muito bem e eu estava bem no ataque, na nossa virada de bola. Agora vamos ter uma semana em casa para descansar, treinar e voltarmos ainda mais fortes para a Copa do Mundo”, disse. 

“Estou muito feliz, pois esse bronze é muito importante para nosso time na corrida olímpica para os Jogos de Tóquio. É uma competição muito acirrada entre os times brasileiros para se classificar aos Jogos, então são pontos preciosos”, completou a sergipana Duda. 

A terceira posição em Varsóvia rende 640 pontos no ranking internacional e uma premiação de cerca de R$ 40 mil para Ágatha/Duda, enquanto o quarto lugar de Carolina Solberg/Maria Elisa significa mais 560 pontos no ranking e um prêmio de cerca de R$ 32 mil. 

O resultado também faz com que a Ágatha e Duda encostem na primeira colocação da corrida olímpica brasileira. Após o torneio em Varsóvia, Ana Patrícia/Rebecca lidera com 3.040 pontos, mas Ágatha/Duda aparece em seguida, com 2.880, reduzindo a distância. 

A terceira posição agora é de Carol Solberg e Maria Elisa, que com o desempenho em Varsóvia chegaram aos 2.160 pontos, ultrapassando Talita/Taiana (AL/CE), que estão na sequência, com 2.080. Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ), que não disputaram a etapa para que Bárbara possa se recuperar de lesão na mão, estão com 1.520 pontos. 

Foto: FIVB

Antes da disputa do bronze, os times brasileiros acabaram sendo superados nas semifinais. Ágatha/Duda caiu para as norte-americanas Larsen/Stockman por 2 sets a 0 (21/11, 21/19), enquanto Carolina Solberg e Maria Elisa foram superadas pelas australianas Mariafe Artacho e Taliqua Clancy, também por 2 sets a 0 (21/17, 21/16). 

As australianas, que ficaram com o ouro ao superaram o time norte-americano na final, por 2 sets a 0 (22/20, 21/17), receberam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e uma premiação de cerca de R$ 80 mil em Varsóvia.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes