Tiger Woods é processado em razão da morte de seu funcionário


Após superar uma fase conturbada da sua vida - com uma série de escândalos e uma período de ausência bons resultados - Tiger Woods voltou a estar em alta com um triunfo em um Master deste ano. Porém, parece que Woods tem um "imã" para polêmicas. Dessa vez, ele e sua namorada estão sendo processados pela família de um funcionário do seu restaurante.

Nicholas Immesberger, de 24 anos, trabalhava no 'The Woods', na Florida, quando na data de 10 de dezembro de 2018 morreu num acidente de trânsito depois de cumprir o turno da noite no estabelecimento.

Segundo a ESPN, o auto da polícia indica que Immesberger apresentava uma taxa de alcoolemia três vezes superior ao permitido no estado da Flórida. A família do funcionário pede agora uma indemnização a Tiger Woods e a Erica Herman - gerente no 'The Woods' - por permitir que Immesberger bebesse durante o turno, apesar dos seus problemas com o álcool serem públicos.

No processo, segundo a TMZ, está escrito que "Tiger Woods sabia, ou devia saber, que Nicholas Immesberger era viciado em bebidas alcoólicas e que se embriagava frequentemente".

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes