Roland Garros 2019 - Dia 6


O sexto dia em Paris marcou o início da terceira rodada da chave de simples, com a queda de uma grande favorita na chave feminina. Nas duplas, o brasileiro Marcelo Demoliner deu adeus ao torneio.

Masculino:

Ainda pela segunda rodada, em partida que começou no dia anterior e teve seu complemento hoje, o eslovaco Martin Klizan superou o francês Lucas Pouille, cabeça de chave 22, por 3 a 2 (7-6(4), 2-6, 6-3, 3-6 e 9-7), após quatro horas e sete minutos de jogo.

O espanhol Rafael Nadal perdeu o seu primeiro set no torneio diante do belga David Goffin, mas avançou para as oitavas de final ao vencer a partida por 3 a 1 (6-1, 6-3, 4-6 e 6-3), em quase três horas de jogo. O adversário de Nadal nas oitavas será o argentino Juan Ignacio Londero, que venceu o francês Corentin Moutet por 3 a 2 (2-6, 6-3, 6-4, 5-7 e 6-4).

Já o suiço Roger Federer, que fez sua 400ª partida em Grand Slams, continua sem perder set no torneio e despachou o norueguês Casper Ruud por 3 a 0 (6-3, 6-1 e 7-6(8)), em duas horas e onze minutos de jogo.

O argentino Leonardo Mayer avançou para as oitavas de final ao bater o francês Nicolas Mahut por 3 a 1 (3-6, 7-6(3), 6-4, 7-6(3)). Já o francês Benoit Paire vencia o jogo contra o espanhol Pablo Carreno Busta por 2 a 1 (6-2, 4-6 e 7-6(1)), quando o espanhol abandonou a partida, devido a uma lesão muscular.

O japonês Kei Nishikori teve mais uma partida suada e de cinco sets. Em 4 horas e 26 minutos, ele derrotou o sérvio Laslo Djere, campeão do Rio Open, por 3 a 2 (6-4, 6-7(6), 6-3, 4-6 e 8-6).

A falta de luz natural não permitiu o encerramento de duas partidas. O suíço Stan Wawrinka lidera diante do búlgaro Grigor Dimitrov por 2 a 0, vencendo dois tiebreaks. Já o grego Stefanos Tsitsipas lidera diante do sérvio Filip Krajinovic por 2 a 0 (7-5 e 6-3) e o terceiro set está empatado em 5-5. As duas partidas continuam amanhã.


Feminino:

Duas partidas ainda da segunda rodada, que começaram no dia anterior, foram complementadas no dia de hoje. A americana Madison Keys venceu a australiana Priscilla Hon por 2 a 1 (7-5, 5-7 e 6-3). Na outra partida, a ucraniana Lesia Tsurenko venceu a sérvia Aleksandra Krunic por 2 a 1 (5-7, 7-5 e 11-9), em três horas e três minutos de partida.

Em jogo que abriu a programação da quadra Philippe-Chatrier, a croata Petra Martic surpreendeu a tcheca Karolina Pliskova e venceu por 2 a 0 (duplo 6-3), em 1 hora e 25 minutos de jogo. Com o resultado, a japonesa Naomi Osaka se garante na liderança do ranking mundial após o fim do torneio.

Outra croata que se deu bem foi Petra Martic, que só precisou de uma hora e sete minutos para superar a suíça Belinda Bencic por 2 a 0 (6-4 e 6-1). Vida ainda mais tranquila teve a britânica Johanna Konta, que precisou de apenas 54 minutos para despachar a eslovaca Viktoria Kuzmova por 2 a 0 (6-2 e 6-1). Já a tcheca Marketa Vondrousova superou a espanhola Carla Suárez Navarro com um duplo 6-4, em uma hora e meia de partida.

No jogo mais esperado do dia na chave feminina, a espanhola Garbiñe Muguruza bateu a ucraniana Eliva Svitolina por 2 a 0, também com um duplo 6-3, em 1 hora e 28 minutos de jogo. A próxima adversária da Muguruza será a americana Sloane Stephens, que sofreu mais do que deveria e precisou de pouco mais de duas horas e meia para superar a eslovena Polona Hercog por 2 a 1 (6-3, 5-7 e 6-4).

Mas o melhor jogo do dia na chave feminina e que durou três horas e dezoito minutos foi entre a letã Anastasija Sevastova e a belga Elise Mertens. Depois de salvar cinco match points, Sevastova venceu de virada a Mertens por 2 a 1 (6-7(3), 6-4 e 11-9). 

Em jogo de quase duas horas, a estoniana Kaia Kanepi avançou para as oitavas de final ao vencer a russa Veronika Kudermetova por 2 a 1 (4-6, 6-3 e 6-0).

Duplas:

Pela segunda rodada, o brasileiro Marcelo Demoliner e o indiano Divij Sharan foram superados pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers por 2 a 0 (6-3 e 6-4), em uma hora de jogo.

Fotos: FFT

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes