Participante de dois Jogos Olímpicos, Mesa-tenista de Trinidad e Tobago morre aos 51 anos

A estrela do tênis de mesa de Trinidad e Tobago, Dexter St Louis, morreu aos 51 anos de idade, após uma breve doença.

Considerado o melhor jogador do Caribe por mais de três décadas, St Louis faleceu na cidade francesa de Bordeaux, onde ele havia construído sua casa.

Ele fez sua estréia internacional em Trinidad e Tobago com apenas 15 anos em 1983 e competiu nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Pequim 2008.

St Louis também deixou sua marca nos Jogos da Commonwealth, particularmente Manchester 2002, onde o tênis de mesa fez sua estréia.

Ele apareceu contra a anfitriã Inglaterra no evento masculino e permaneceu invicto.

Nos Jogos de Gold Coast 2018, St Louis competiu depois de uma batalha legal contra a Associação de Tênis de Mesa de Trinidad e Tobago, que originalmente não escolheu nem ele nem a enteada Rheann Chung para o elenco.

No torneio de qualificação das Américas para as Olimpíadas de 2008 em Santo Domingos, na República Dominicana, St Louis se recuperou de uma derrota quase inevitável para derrotar o mexicano Marcos Madrid e conseguir se classificar para os Jogos Olímpicos.
Ele comemorou tirando a camisa e de pé sobre a mesa em uma pose de "príncipe guerreiro".

A Federação Internacional de Tênis de Mesa estava entre os que pagavam tributos.

"Um personagem exuberante, um showman; na verdade Dexter St. Louis era exatamente o oposto", disseram eles."
St Louis jogou tênis de mesa na França para o Bordeaux.

Seu advogado, Matthew Gayle, disse: "Dexter será lembrado por sua implacável ética de trabalho, senso de humor e paixão pela justiça, bem como por sua honestidade, fair-play e sua abordagem aberta e transparente ao esporte e à vida".

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes