Darlan Romani e Andressa de Morais buscam brilhar no Sul-Americano de Atletismo



Dois atletas que brilharam na temporada internacional de 2018 integram a Seleção Brasileira na disputa do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, de sexta-feira (24/5) a domingo (26/5), no Estádio de la Videna, em Lima, no Peru. Darlan Romani, do arremesso do peso, e Andressa Oliveira de Morais, do lançamento do disco, lideram a delegação em busca da hegemonia do Brasil na competição. A disputa também está no caminho da preparação para os Jogos Pan-Americanos de Lima, de 26/7 a 11/8, e do Campeonato Mundial de Doha, Catar, de 27/9 a 6/10.


Recordista sul-americano do peso, com 22,00 m, Darlan entra no torneio amparado por uma excelente temporada em 2018, que culminou com a conquista do título da Copa Continental da IAAF, em Ostrava, na República Tcheca. Este ano, disputou a etapa de Doha da Liga Diamante e terminou em terceiro lugar, só superado por duas feras: o norte-americano Ryan Crouser, campeão olímpico no Rio 2016, e o neozelandês Tomas Walsh, campeão mundial em Londres 2017.

"Estou treinando muito e pronto para a nova temporada. O objetivo é manter a regularidade e manter lançamentos acima dos 21 metros", disse Darlan, que de Lima viaja direto para León, na Espanha, para um Camping Internacional de Treinamento e Competição. "O Centro de León é maravilhoso", completou o catarinense, que já no dia 6 de junho tem a etapa de Roma da Liga Diamante. Darlan ocupa o terceiro lugar no Ranking Mundial da IAAF de 2019, com 21,83 m.

Darlan (Pinheiros-SP) é o recordista também do Campeonato Sul-Americano, com 21,02 m, marca obtida na vitória de 2017, em Assunção, no Paraguai. O outro representante do País na prova será Willian Denilson Dourado (ARPA-SP).

Já a paraibana Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros-SP) busca melhorar seus resultados em 2019. Recordista sul-americana do lançamento do disco, com 65,10 m, bateu também o recorde da competição em Assunção em 2017, com 64,68 m.

"É sempre muito bom defender o Brasil e ainda mais quando se está em boa forma. Vamos tentar o melhor resultado possível e dar partida para a temporada", disse a atleta, que lidera o Ranking Sul-Americano de 2019 e está em sétimo no da IAAF, com 64,86 m. Logo após o Sul-Americano a lançadora tem compromisso, no dia 30 de maio, com a disputa da etapa de Estocolmo da Liga Diamante, na Suécia.

No ano passado, a brasileira brilhou na Liga Diamante terminando em segundo lugar na final do principal circuito de competições da IAAF, em Bruxelas, na Bélgica, com 64,65 m - só foi superada pela cubana Yaimé Pérez, com 65,00 m.

Outra grande representante do lançamento do disco é a gaúcha Fernanda Borges (IEMA-SP), que está em 8º no Ranking Mundial, com 64,16 m.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes