Da promessa à realidade: argentina Delfina Pignatiello conquista índice olímpico para Tóquio/2020


Delfina Pignatiello foi uma das principais personagens dos Jogos Olímpicos da Juventude, realizada em Buenos Aires no ano passado. A nadadora subiu ao pódio e o público celebrou cada medalha como se fosse um título nacional que previa grandes resultados no futuro.

Isso foi demonstrado no Campeonato Nacional de Natação disputado no CeNARD (CENARD), na qual conseguiu a marca de que lhe permitiu garantir um lugar nos Jogos Olímpicos a ser realizada em Tóquio em 2020.

A atleta de apenas 19 anos foi a mais rápido no 1500 livre, marcando um tempo recorde de 16:13.98, e se tornou a primeira nadadora da Argentina para se qualificar para a competição a ser realizada na capital japonesa entre 24 Julho e 9 de agosto do próximo ano.

Os outros representantes da delegação albiceleste que têm um lugar garantido em Tóquio são os campeões olímpicos que obtiveram ouro no Rio 2016 na vela, Santiago Lange e Cecilia Carranz a (Nacra 17), com Facundo Olezza (Finn).

Ao longo da história olímpica, Argentina ganhou três medalhas na natação: o ouro de Alberto Zorrilla no 400 metros livre de Amsterdam/1928, prata por Jeanette Campbell nos 100m livre em Berlim/1936 e bronze Georgina Bardach em Atenas/2004.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes