Conjunto do Brasil consegue vaga na Final da World Challenge Cup de Ginástica Rítmica, na Espanha


A Ginástica Rítmica do Brasil conseguiu um excelente resultado em sua estreia na World Challenge Cup, que está sendo realizada na cidade de Guadalajara, na Espanha. A Seleção Brasileira de Conjunto passou à final da prova de 5 bolas, ao terminar o qualificatório em sexto lugar, com a nota 20,300. As meninas farão a final no domingo (5), a partir das 11 horas (horário de Brasília).

Neste sábado (4), a Seleção comandada pela treinadora Camila Ferezin e a assistente técnica Bruna Martins volta a competir, desta vez na qualificatória da prova mista (três arcos e dois pares de maças). O Brasil, que integra o Grupo B, fará sua apresentação às 15h35. Assim como nas bolas, se ficar entre os oito primeiros avançará à final do aparelho, também no domingo.


As meninas brasileiras mostraram uma grande evolução em relação à participação na etapa da Copa do Mundo de Baku (AZE). Nesta sexta-feira, o Brasil só ficou atrás dos Estados Unidos (5º) entre seus principais adversários das Américas. O conjunto do México terminou em 8º, Canadá em 11º e Cuba em 13º. A liderança no qualificatório foi da Itália, que terminou com a nota 25,500.

A técnica Camila Ferezin ficou muito satisfeita com o desempenho do conjunto brasileiro no qualificatório, formado por Débora Medrado, Nicole Duarte, Camila Rossi, Morgana Gmach e Beatriz Linhares.


“Elas conseguiram um excelente desempenho em quadra, fiquei muito feliz com a evolução do Conjunto do Brasil. Esta é a prova que estamos no caminho certo e vamos evoluir a cada competição, melhorando tanto as dificuldades das coreografias quanto o entrosamento das ginastas. Hoje saímos satisfeitas porque conseguimos mostrar nossa série de 5 bolas. Amanhã (sábado), vamos lutar para fazer o mesmo no misto e assim, alcançar as finais nas duas séries”, disse Camila, que evita criar expectativas para a final de domingo.

“Poder entrar em quadra nas finais é uma grande oportunidade para as nossas meninas. A cada competição subimos degraus importantes para a busca dos nossos objetivos deste ano”, disse Camila, referindo-se a uma medalha nos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019 e à vaga na Olimpíada de Tóquio via Campeonato Mundial, marcado para setembro, em Baku.

Na competição individual, o Brasil contou com a participação de duas ginastas. Após as provas de bola e arco, Heloísa Bornal está em 38º (27,600) e Mariany Miyamoto em 41º (25,750). Neste sábado, as duas participam das provas qualificatórias das maças e fita.

Foto:CBG

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes