Colômbia domina a Copa Latino-Americana de BMX



A pista de Bicicross de Americana, em São Paulo, foi palco de grandes disputas no último fim de semana. Os melhores pilotos do continente participaram do Campeonato Pan-Americano no sábado, 25, e da Copa Latino-Americana, realizada neste domingo, 26, ambas válidas pelo Ranking Mundial. Durante os dois dias, o evento reuniu cerca de 1200 atletas divididos em 50 categorias.

Repetindo o excelente desempenho apresentado no Pan, a colombiana Mariana Pajon voltou a ser o principal destaque da competição, neste domingo, durante a terceira etapa da Copa Latino-Americano. Atual campeã Olímpica, Pajon fez bonito e subiu mais uma vez no topo do pódio. “Gosto muito de competir no Brasil. Aqui o público é muito caloroso, sempre está me apoiando, e isso é muito gratificante”, destacou Mariana Pajon.

Já a equatoriana Domenica Azuero, campeã mundial junior em 2018, conquistou a medalha de prata, enquanto a brasileira Julia Alves mais uma vez superou grandes favoritos para garantir a medalha de bronze. Na Junior Woman, a colombiana Maria Camila Diosa conquistou a vitória. A argentina Mariagles ficou com a medalha de prata, enquanto Sofia Valencia levou bronze.

“Essa prova vai ficar pra história. O ritmo foi alto do início ao fim, mas eu sabia que tinha condições de brigar pelas primeiras posições. Fiz uma boa fase classificatoria, andei sempre na frente, e agora espero continuar evoluindo já pensando nas próximas etapas da Copa do Mundo”, comentou Julia.

No masculino, a colômbia ocupou as duas primeiras páginas do dia. Diego Arboleda, colômbia pedalou forte e dominou a corrida da grande final para garantir a medalha de ouro. A segunda colocação ficou com Vicent Pedduart, seguido de perto pelo argentino Gonzalo Molina. Anderson Ezequiel, campeão do Pan no sábado, fez uma fase classificatória muito rápida, mas infelizmente teve que optar por um traçado mais irregular e acabou caindo. Bruno Cogo cruzou na sexta colocação.

“Acabei caindo após uma situação de corrida, mas faz parte do esporte. Graças a deus não quebrei nada na queda. O objetivo é utilizar essas provas como preparação para as próximas etapas da copa do mundo e seguir focado na classificação olímpica”, declarou Anderson Ezequiel.

Terceiro colocado no último mundial, o chileno Mauricio Ignacio, conquistou a medalha de ouro, superando o argentino David Ramirez, na segunda colocação, e o colombiano Juan Camilo, em terceiro lugar. 

Foto: Ladeira Hill

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes