Brasil conquista o Centro Sul-Americano de Handebol masculino Juvenil


Na tarde do último dia 12, a Seleção Brasileira de Handebol masculino Juvenil conquistou o ouro no Campeonato Sul-Centro Americano e garantiu sua vaga no Campeonato Mundial, que será realizado na Macedônia em agosto.

Argentina e Chile se classificaram em segundo e terceiro e conseguiram as duas últimas vagas para o Mundial.

No quinto e último dia de competições, as três partidas foram bem disputadas. Com uma inversão no horário dos jogos, o dia começou mais cedo, às 14h com Uruguai e Paraguai. Com placar final de 26(13)-(13)30, os paraguaios superaram os vizinho uruguaios que estavam na última colocação e ficaram em quarto na classificação final. O segundo jogo do dia foi entre Chile e Colômbia e por 33(11)-(9)21 os chilenos tiveram sua terceira vitória na competição e alcançaram a vaga para o Mundial, encerrando a participação no Sul-Centro Americano em terceiro lugar.

A grande final entre Argentina e Brasil encerrou o Dia das Mães com um presente dos brasileiros. Num placar de 27(12)-(18)39, o Brasil conquistou a medalha de ouro Sul-Centro Americana e a primeira vaga para o Campeonato Mundial Juvenil.

O técnico Alberto Gallina, pela primeira vez a frente da Seleção Brasileira Juvenil Masculina, esteve presentes nos acampamentos como treinador e supervisor. Todos os convocados para o Sul-Centro Americano foram formados pelo projeto dos Acampamentos Nacionais, portanto, sabem os sistemas de jogo e a metodologia de trabalho da seleção. Sobre o jogo da final com a Argentina, ele destaca as ações desenvolvidas pela comissão para que os atletas pudessem neutralizar as ofensivas argentinas, com intensidade, intercepção de bola e contra-ataques.

“O Brasil jogou no sistema de defesa que é a cara do Brasil: o 5:1. Os meninos se dedicaram muito. Fomos premiados com uma exibição maravilhosa contra um rival muito difícil, muito duro e que é uma das melhores gerações que já tivemos nos últimos tempos. Ficamos bastante satisfeitos”, comenta Alberto Gallina.

Com 27 gols, o artilheiro e capitão da Seleção Brasileira, o central Tarcísio Freitas, elogia o comprometimento da equipe e garante que uma equipe nova consegue alcançar os objetivos propostos desde que tenha empenho e dedicação de todos os envolvidos. Para ele, o torneio foi forte com equipes que dificultavam os inícios dos jogos, mas que por questões de detalhes, não conseguiam sustentar o ritmo.

“Tivemos uma evolução durante o campeonato que ajudou muito para que na final tivéssemos um êxito grande, como tivemos. A comissão muito empenhada para nos ajudar e os atletas focados”, analisa o atleta.

Tarcísio ainda destaca o crescimento e a melhora na qualidade técnica das seleções sul-centro americanas o que demonstra que o continente também pode ser um expoente na modalidade. O próximo passo, segundo o capitão, é continuar os treinamentos nos clubes e, nas fases de treinamento da seleção, trabalhar buscando o entrosamento necessário para alcançarem uma boa classificação no mundial.

Resultado dos Jogos [horários de Brasília]:
08.05.2019 - Quarta-feira
16:00| Uruguai 15(7):(15)32 Argentina
18:15| Colômbia 14(6)-(19)46 Brasil
20:30| Paraguai 25(12)-(16)32 Chile

09.05.2019 - Quinta-feira
16:00| Argentina 32(16)-(10)21 Colômbia
18:15| Brasil 32(15)-(9)20 Paraguai
20:30| Chile 35(16)-(10)17 Uruguai

10.05.2019 - Sexta-feira
16:00| Colômbia 26(13)-(10)24 Uruguai
18:15| Brasil 28(12)-(15)24 Chile
20:30| Argentina 31(13)-(6)12 Paraguai

11.05.2019 - Sábado
16:00| Paraguai 28(17)-(9)23 Colômbia
18:15| Brasil 27(13)-(9)16 Uruguai
20:30| Chile 20(10)-(14)24 Argentina

12.05.2019 - Domingo
14.00| Uruguai 26(13)-(13)30 Paraguai
16:15| Chile 33(11)-(9)21 Colômbia

18:15| Argentina 27(12)-(18)39 Brasil

Foto: Reprodução

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes