Andressa de Morais fica em sétimo e Thiago Braz passa em branco na etapa de Estocolmo da Diamond League


Foi disputada nesta quinta-feira (30) em Estocolmo, a terceira etapa da Diamond League, com treze provas valendo o diamante. A etapa contou com a presença de Andressa de Morais e Thiago Braz, que não tiveram uma boa participação.

Feminino:

Cuba fez dobradinha na prova do lançamento de disco, com a vitória ficando com Denia Caballero, que fez a marca de 65.10m, apenas um centímetro a mais que a compatriota Yaimé Pérez. A brasileira Andressa de Morais não teve uma boa participação, tendo apenas 3 dos seus 6 arremessos válidos, sendo o melhor deles obtido na terceira tentativa (61.86m), marca que lhe deu apenas o sétimo lugar.

Nos 200m rasos, a britânica Dina-Asher Smith venceu pela segunda vez na temporada com o tempo de 22.18, melhorando em oito centésimos a melhor marca no ano que era dela mesma. As americanas fizeram dobradinha nos 100m com barreiras, com a vitória ficando para Kendra Harrison, com o tempo de 12.52, dezessete centésimos à frente da compatriota Shakira Nelvis.

Outra americana que se deu bem foi Ajee Wilson, que venceu a prova dos 800m rasos com o tempo de 2:00.87. Nos 5.000m, a queniana Agnes Jebet Tirop ficou levou a melhor com o tempo de 14:50.82, melhor marca do ano. E no salto em altura, a vitória ficou para Mariya Lasitskene, com a marca de 1.92m.

Masculino:

Na prova do salto com vara, o brasileiro Thiago Braz não obteve o mesmo desempenho da etapa de abertura em Doha. Ele queimou os seus três saltos para 5.36m, ficando sem marca. A vitória ficou mais uma vez com o americano Sam Kendricks, que saltou para 5.72m.

Nos 200m rasos, a vitória ficou com o canadense Aaron Brown, que fez sua melhor marca na temporada com 20.06, deixando para trás o turco Ramil Guliyev com 20.40. Os americanos dominaram a prova dos 400m rasos, ficando nas quatro primeiras posições, com a vitória ficando para Michael Norman, com o tempo de 44.53. Já nos 400m com barreiras, quem levou a melhor foi o norueguês Karsten Warholm, com o tempo de 47.85.

Nos 1.500m, o queniano Timothy Cheruiyot venceu com o tempo de 3:35.79. No salto em distância, a vitória ficou com o sueco Thobias Montler, que fez sua melhor marca pessoal com 8.22m. Outro sueco que se deu bem foi Daniel Stähl, na prova do lançamento de disco, com a marca de 69.57m, conquistando sua segunda vitória na temporada.

A próxima etapa da Diamond League acontecerá em Roma no dia 6 de junho.

Foto: Divulgação/IAAF

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes