Ana Sátila é destaque e Brasil fatura 15 medalhas no Pan de Canoagem Slalom


O Brasil obteve um importante resultado no Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom ,realizado em Três Coroas no Rio Grande do Sul. Ao todo foram 15 pódios divididos em: 11 ouros, três de prata e uma de bronze. A atleta mais premiada da competição é a Ana Sátila, ela volta pra casa com cinco medalhas douradas, “consegui colocar todo o meu esforço como atleta, em um dia que você tem pressão na água, toda a equipe brasileira tem mostrado um desempenho importante”, diz. Suas conquistas foram pelo K1 e C1 Feminino Sênior, K1 e C1 Feminino por Equipes e no Canoagem Slalom Extremo.
Mathieu Desnos foi o mais rápido no K1 Masculino completando percurso em 82.96 segundos sem tocar em nenhuma baliza, ele dividiu o pódio com Lucas Rossi da Argentina que ficou em 2º lugar e o canadense Keenan Simpson com a 3ª posição. “Pra mim é importante porque foi minha primeira competição oficial pelo Brasil e no Brasil. Eu tinha garra no meu coração para fazer o melhor possível”, comenta o canoísta nascido na França que pediu nacionalidade brasileira e agora compete pelo país.  
Na categoria Canoagem Slalom Extremo Sênior Masculino a medalha de ouro também ficou no Brasil e quem subiu no pódio foi Fábio Rodrigues que fez uma ótima prova. “Me preparei bastante para essa categoria, estou bem feliz com o meu resultado”, diz.

Completam a lista de medalhas douradas a canoísta Poliana Sofia na conquista pelo C1 Feminino Júnior. Edmar Borba subiu duas vezes no ponto mais alto do pódio, uma pelo C1 Masculino Júnior e também no C1 Masculino Sênior por equipes ao lado de Felipe Borges e Leonardo Curcel. Outra disputa em que o Brasil garantiu o ouro foi na prova por equipes do K1 Masculino Sênior com o trio Pedro Gonçalves, Anderson Oliveira e Charles Corrêa.
Também houve as conquistas pelas medalhas de prata com Lucas Louzada no K1 Masculino Júnior, Maria Eduarda Schlikmann pelo K1 Feminino Júnior, Charles Corrêa na disputa do C1 Masculino Sênior e também uma medalha de bronze com Igor Siebel no Canoagem Slalom Cross Masculino Júnior.
O evento foi realizado em Três Coroas no Rio Grande do Sul e contou com a presença de mais de 100 atletas na disputa, de vários países além do Brasil participaram a Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, México, Paraguai, Peru, Estados Unidos e Venezuela. No ranking final Brasil, Argentina e México foram os países que mais pontuaram na competição.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes