Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca na semi da etapa de Jinjiang do Circuito Mundial de Vôlei de Praia


O Brasil avançou com duas duplas às semifinais do torneio feminino na etapa quatro estrelas de Jinjiang (China) do Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) superaram adversárias pelas oitavas e quartas de final na noite da última sexta-feira (24.05) e madrugada deste sábado (25.05) - manhã e tarde de sábado na China – para alcançarem a fase de disputa de medalhas da competição. 

Ana Patrícia e Rebecca encaram as australianas Artacho e Clancy às 22h (de Brasília) deste sábado. Os times nunca haviam se enfrentado anteriormente. Já Ágatha e Duda disputam vaga na final contra as norte-americanas Kerri Walsh e Brooke Sweat, às 23h, também em confronto inédito. As disputas de bronze e ouro ocorrem na madrugada de domingo, às 2h45 e 4h, respectivamente. 

Para alcançar a semifinal, Ágatha e Duda tiveram que superar as compatriotas Carol Solberg e Maria Elisa (RJ) nas quartas de final, vencendo por 2 sets a 0 (21/18, 21/18), em 37 minutos. Antes, nas oitavas, as atuais campeãs do Circuito Mundial tinham eliminado as eslovacas Dubovcova/Strbova também em sets diretos, com parciais de 21/11, 22/20, em 32 minutos. A dupla chega com quatro vitórias e sem ter perdido nenhum set para a semifinal. 

Já Ana Patrícia e Rebecca superaram nas quartas de final o principal time da Alemanha no momento, de Julia Sude e Karla Borger. Vitória por 2 sets a 1 (21/13, 15/21, 15/11), em 45 minutos. Nas oitavas de final, horas antes, elas superaram as polonesas Kociolek/Wojtasik por 2 sets a 0 (21/13, 21/18), em 31 minutos.A dupla busca seu terceiro título internacional na temporada, após ter conquistado as etapas de Haia (Holanda) e Xiamen (China), ambas de quatro estrelas. Ana Patrícia analisou a campanha.

"Jogar na China sempre envolve a adaptação ao fuso horário, fizemos uma viagem de dois, além da alimentação que é bastante diferente. Viemos mais preparadas, trouxemos coisas do Brasil. Fizemos um jogo muito bom contra a Sude e Borger, foi um jogo duro, disputado, mas conseguimos colocar nossos pontos fortes em prática. O sistema defensivo de bloqueio e defesa, além de sacarmos bem. Felizmente saímos com a vitória no tie-break. É um resultado importantíssimo, estamos felizes e esperamos fazer novamente um bom jogo contra as Australianas".

Além de Carol Solberg/Maria Elisa (RJ), Talita e Taiana (AL/CE) também se despediram do torneio na quinta colocação. Elas foram superadas pelas australianas Artacho e Clancy por 2 sets a 1 (20/22, 21/19, 15/10), em 50 minutos. Pela quinta posição, os dois times somam 480 pontos no ranking e recebem uma premiação de cerca de R$ 24 mil. 

Já Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) ficaram nas oitavas de final, sendo superadas pelas compatriotas Carol Solberg/Maria Elisa por 2 sets a 0 (21/10, 25/23), em 41 minutos. Elas somam 400 pontos no ranking e recebem uma premiação de cerca de R$ 16 mil.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes