Pan-Americano de Luta 2019 - Dia 1


O Brasil conquistou três medalhas no primeiro dia de competições do Pan-americano de Luta, que está sendo disputado em Buenos Aires, Argentina. 

Joilson Júnior ficou com o bronze na categoria até 67kg e foi o único a subir ao pódio das categorias olímpicas nesta quinta-feira. Sargis Khachatryan ficou com a medalha de prata até 55kg e Kenedy Pedrosa com o bronze até 72kg, ambas divisões de peso não olímpicas. Já Diego Romanelli e Eduard Soghomonyan, até 60kg e 130kg não avançaram em suas chaves e ficaram de fora da luta por uma vaga nos Jogos Pan-americanos de Lima. Mauri Silvério ficou em 4º até 63kg.

Nesta sexta-feira (19), mais cinco atletas sobem ao tapete de lutas. Angelo Moreira que já classificou a categoria até 77kg para os Jogos Pan-americanos, Ronisson Brandão que busca a vaga em Lima até 87kg e Adil Hendresson até 82kg encerra, a participação dos grequistas no Pan. O segundo dia  do torneio marca também a estreia do wrestling feminino com duas categorias não olímpicas. Karoline Santana até 59kg e Grabriela Rocha até 65kg representam o Brasil. As eliminatórias começam às 10h e as finais às 17h.

Confira o desempenho dos atletas nacionais no primeiro dia do Pan.

Categoria até 67kg – Joilson Júnior
Joilson não deu chances aos dois primeiro rivais. Na estreia, quatro roulés e a vitória por superioridade técnica (8 a 0) ainda no primeiro round sobre o argentino Adam Monte. Nas quartas, o oponente foi Harold Head e mais uma vitória com placar elástico 10 a 1. Na semifinal, um reencontro contra o campeão olímpico Ismael Borrero. Joilson sofreu uma punição e foi retirado da área permitida duas vezes por Ismael. O árbitro concedeu dois pontos ao brasileiro ao punir o cubano que mesmo advertido torceu os dedos do brasileiro. No fim do último round, o medalhista Borrero conseguiu passar para as costas e fazer 5 a 2 para avançar a final. Na disputa de bronze, Joilson enfrentou o mexicano Manuel Salcero. O brasileiro venceu o primeiro round por 3 a 0 após aproveitar o par terre.  No segundo round, o par terre foi contra o brasileiro que se defendeu bem. A um segundo do fim do combate, Salcero projetou o brasileiro e comemorou o empate que lhe daria a medalha de bronze. O córner brasileiro formado Angel Torres e Felipe Macedo agiu rápido e lançou o desafio do vídeo. Depois de rever três vezes as imagens os árbitros constataram que o cronômetro zerou antes de o mexicano concluir a ação. No fim 3 a 1 para Joilson e a primeira medalha em uma categoria olímpica no Pan para o Brasil.

Categoria até 60kg – Diego Romanelli
Diego precisa chegar entre os dois primeiros não classificados para garantir vaga nos Jogos Pan-americanos, mas acabou batido na estreia pela venezuelano Anthony Puentes por superioridade técnica (11 a 0). Como Puentes não avançou para final, Diego não foi repescado e ficou impedido de lutar pela vaga nos Jogos de Lima.

Categoria até 130kg – Eduard Soghomonyan
O armênio naturalizado brasileiro terminou o primeiro round contra o venezuelano Moises Hellburg em vantagem de 3 a 0 após conseguir um roulé em posição de par terre. Mas no segundo round, o árbitro concedeu a mesma punição ao lutador nacional e Hellburg empatou o combate em 3 x 3. Como estavam empatados no valor das pontuações e o venezuelano pontou por último, Eduard acabou derrotado no desempate. Como Hellburg foi derrotado na rodada seguinte, Eduard ficou fora da disputa por medalhas.

Categoria até 55kg – Sargis Khachatryan
Sargis lutou no sistema todos contra todos e enfrentou na estreia o norte-americano Max Nowry e acabou superado por 4 a 3 em luta acirrada. Pouco depois o armênio que busca a naturalização brasileira voltou ao tapete para enfrentar o argentino Marcelo Torres e venceu por superioridade técnica (10 a 0). Na última luta para decidir a medalha contra o porto-riquenho Joshua Medina, Sargis voltou a vencer, desta vez por 9 a 0 e ficou com a medalha de prata na divisão.

Categoria até 72kg – Kenedy Pedrosa
Em mais uma divisão não olímpica, o amazonense Kenedy Pedrosa conquistou a medalha de prata na divisão até 72kg. Kenedy não passou pelo norte-americano Rauvaghn Perkins que venceu por superioridade técnica (9 x 0 ) e decidiu a medalha de prata contra o argentino Francisco Barrio. Depois de um primeiro round igual em 4 a 4, Kenedy sobrou no segundo round. Melhor fisica e tecnicamente, o brasileiro encaixou o suplex e abriu 8 a 4. Depois abriu 10 a 4 com outra queda até conseguir outra projeção de quatro pontos e vencer por 14 a 4.

Categoria até 63kg – Mauri Silvério
Mauri terminou em quarto lugar na categoria não olímpica disputada no sistema todos contra todos. O brasileiro sofreu revezes diante do equatoriano Andrés Arroyo, do norte-americano Ryan Mango e do peruano Jose Cabello, todas por superioridade técnica (9 x 0).

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes