Etapa de Pequim da Copa do Mundo distribui mais vagas olímpicas no Tiro Esportivo



Neste domingo chegou ao fim a 4ª etapa da Copa do Mundo de Tiro Esportivo, disputada em Pequim, China. Índia liderou o quadro de medalhas, com 3 ouros, a frente da China, com 2 ouros. Com a participação de atletas brasileiros, mais vagas olímpicas foram distribuídas nas modalidades de pistola e carabina. É importante ressaltar que as vagas são destinadas aos países, que não precisam necessariamente enviar os atletas que as conquistaram. O Brasil, que no Rio de Janeiro encerrou um jejum de 96 anos sem medalhas no esporte, ainda não garantiu nenhuma vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

A primeira categoria decidida foi a Carabina de Ar a 10m feminino, que como nas últimas edições deverá ser o primeiro evento a distribuir medalhas durante as Olimpíadas de Tóquio. Em Pequim, a russa Yulia Karimova levou sua primeira medalha de ouro em Copa do Mundo. As sul-coreanas Kwon Eunji e Keum Jihyeon completaram o pódio. A iraniana Najmeh Khedmati e a dinamarquesa Anna Neilsen garantiram vagas olímpicas para seus países ao terminarem em 5º e 7º, respectivamente.

Na Pistola de Ar a 10m feminino, Kim Minjung (KOR) conquistou o ouro, enquanto a russa Vitalina Batsarashkina, medalhista de prata nas Olimpíadas do Rio, terminou em segundo lugar. Veronika Major (HUN) completou o pódio. Nino Salukvadze e Anudari Tsolmonbaatar terminaram em 5º e 6º lugar e asseguraram vagas olímpicas para a Geórgia e Mongólia. Como já anunciado pelo Surto Olímpico, Salukvadze inicia a contagem regressiva para ser a primeira mulher a disputar nove olimpíadas no ano que vem.

Na primeira decisão masculina, o tcheco Filip Nepejchal, de 19 anos, igualou o recorde mundial juvenil, a caminho do ouro na Carabina em 3 Posições a 50m. Medalhista de prata no Rio, o russo Sergey Kamenskiy terminou em segundo e o chinês Zhonghao Zhao levou o bronze. Com o resultado, República Tcheca e China garantiram vagas para a competição olímpica. Dois brasileiros disputaram a prova, mas não conseguiram passar da primeira fase. Cassio Cesar Rippel ficou em 38º no primeiro grupo eliminatório e Leonardo Moreira em 36º no segundo grupo e terminaram em 69º e 74º, respectivamente, no geral.

Na Carabina de Ar a 10m masculina, Hui Zicheng levou o primeiro ouro do país-sede na competição. Também foi o seu primeiro título nesta categoria em uma Copa do Mundo. A prata ficou para Divyansh Singh Panwar, de apenas 16 anos, enquanto o bronze foi para Grigorii Shamakov. Estes dois também carimbaram vagas olímpicas para Índia e Rússia.

O segundo ouro chinês na Copa do Mundo foi conquistado por Lin Junmin na Pistola de Tiro Rápido a 25m masculina. Oliver Geis (GER) levou a medalha de prata e uma das três vagas olímpicas disponíveis. Jean Quiquampoix (FRA) completou o pódio. Além da Alemanha, EUA e Ucrânia também garantiram vagas olímpicas, com o 5º lugar de Henry Turner Leverett e o 6º lugar de Oleksandr Petriv. Emerson Duarte conquistou a melhor colocação de um atirador brasileiro nesta etapa da Copa do Mundo, ao completar a fase qualificatória em 26º lugar.

O indiano Abhishek Verma conquistou o único ouro indiano em provas individuais na etapa chinesa da Copa do Mundo e ainda levou para casauma vaga olímpica na categoria da Pistola de Ar de 10m. A prata ficou com Artem Chernousov (RUS) e o bronze foi para Han Seungwoo (KOR). O mongol Davaakhuu Enkhtaivan garantiu a segunda vaga olímpica em disputa para o seu país ao terminar em 5º lugar. Novamente, os brasileiros não tiveram grande destaque na competição. Felipe Wu, prata nas Olimpíadas do Rio nesta categoria, amargou um 66º lugar. Júlio Almeida foi melhor, mas sua 31ª colocação ainda o deixou bem longe da final com seis participantes.

Na Pistola a 25m feminina, Maria Grozdeva, campeã olímpica em Sidnei-2000 e Atenas-2004, levou sua 15ª medalha de ouro em uma etapa de Copa do Mundo e assegurou uma vaga para a Bulgária nas Olimpíadas de Tóquio. A prata ficou com Veronika Major (HUN) e Anna Korakaki (GRE) completou o pódio (foto acima). Apesar do quarto lugar, Monika Karsch pode comemorar uma vaga olímpica para a Alemanha.

A croata Snjezana Pejcic faturou o último ouro da Copa do Mundo ao triunfar na Carabina em Três Posições a 50m. Sang Hee Bar (KOR) levou a prata e Jeanette Hegg Duestad (NOR) conquistou o bronze, além de garantirem vagas para seus países em Tóquio-20.

A grande novidade no programa olímpico para o Tiro Esportivo é a inclusão de eventos por equipe mista. Em Pequim, em uma final emocionante na Carabina de Ar a 10m, Anjum Moudgil and Divyaansh Singh levaram o ouro para a Índia, fazendo frente aos chineses Ruxuan Liu and Haoran Yang. O bronze foi para a Rússia, representada por Yulia Karimova e Grigorii Shamakov.

Já na Pistola de Ar a 10m, nova medalha de ouro para a Índia, conquistada desta vez por Manu Bhaker e Chaudhary Saurabh. O pódio, idêntico ao da Carabina de Ar, foi completado pelos chineses Ranxin Jiang e Wei Pang e pelos russos Vitalina Batsarashkina e Artem Chernousov.


Foto: ISSF/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes