Espanha já tem um virtual porta-bandeira para a Cerimônia de Abertura dos Jogos de 2020


O presidente do Comitê Olímpico da Espanha (COE), Alejandro Blanco, anunciou na quinta-feira  (11) que o canoísta Saul Craviotto (ESP) deverá ser o porta-bandeira do país na Abertura para Tóquio 2020.

Segundo Blanco, o comitê tem uma regra desde Pequim 2008 em que o porta-bandeira do país na abertura será necessariamente o atleta da delegação com mais medalhas de ouro. Se houve empate, as medalhas de prata, de bronze e as participações olímpicas funcionarão com critério de desempate.

O dirigente espanhol afirmou que caso Craviotto se classifique para 2020, será o porta-bandeira.

Craviotto, de 34 anos. tem dois ouros, uma prata e um bronze na canoagem sprint, o que coloca a frente de atletas como Mireya Belmonte (ESP), que tem quatro medalhas, mas apenas um ouro. Rafael Nadal (ESP), que foi porta-bandeira em 2016, tem dois ouros (simples 2008 e duplas 2016).

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes