Em grande fase, Débora Menezes vence o Aberto do México de Parataekwondo


O Brasil faturou uma medalha de ouro e uma de prata no Aberto de Parataekwondo da Cidade do México, na sexta-feira, 12.04. A paulista Débora Menezes subiu ao lugar mais alto do pódio, da categoria acima de 58kg, e a potiguar Cristhiane Neves foi vice-campeã na categoria até 58kg. O torneio conta pontos para o ranking mundial, que é classificatório para a estreia da modalidade em Jogos Paralímpicos, marcada para Tóquio, em 2020.

Débora Menezes, 28 anos, conquistou sua vaga na final ao vencer a mexicana Daniela Andrea Martinez por 16 x 13. A disputa pelo ouro foi contra a francesa Laura Schied, de quem Débora ganhou por 4 x 2. A atleta também conquistou a medalha de ouro, da categoria acima de 58kg, no Mundial de Parataekwondo, que ocorreu em fevereiro, em Antalya, na Turquia.

Na categoria -58kg, Cristhiane Neves, de 32 anos, reencontrou a americana Briana Salinaro, a quem ela havia vencido no Aberto dos Estados Unidos, mês passado, e faturou o ouro. No México, a brasileira foi vitoriosa novamente, com o resultado de 6 x 2, e conquistou a vaga na final. Ao enfrentar a russa Ayshat Ramazan, Cristhiane, contudo, perdeu por 20 x 3 e ficou com a prata.

O baiano Bruno Motta, 24 anos, completou a Seleção no Aberto do México. Nas quartas de final, ele lutou contra o costarriquenho Andrés Molina e perdeu por 31 x 7. A próxima competição internacional é o Campeonato Pan-Americano da modalidade, em Portland, nos Estados Unidos, no dia 16 de junho.

Outro evento importante de 2019 são os Jogos Parapan-Americanos de Lima, em agosto. Ao todo, quatro brasileiros têm vaga pelo parataekwondo, no Peru: Bruno Motta (-75kg), Débora Menezes (+58kg), Cristhiane Neves (-58kg) e Nathan Torquato (-61kg).

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes