Dani Lins pede dispensa e é a quinta baixa da seleção de vôlei


Os pedidos de dispensa não param na seleção feminina de vôlei. Após as dispensas da central Adenízia, das líberos Camila Brait e Tássia e da aposentadoria da seleção da central Thaisa, agora é a vez da levantadora Dani Lins anunciar sua dispensa na temporada 2019 da seleção.

A campeã olímpica em Londres 2012 falou nas redes sociais sobre a sua dispensa: " Bom dia, pessoal, sei que o momento não é dos melhores pra isso, mas também estou anunciando minha dispensa da seleção pra este ano. Já conversei com o Zé Roberto, agradeci imensamente por ele entender quando disse que precisaria cuidar do meu corpo, pois foi um ano com muitas dores e ele acompanhou de perto isso. Agradeci também pela confiança no meu trabalho. Mas agora preciso cuidar da minha saúde. Vocês viram que fiz o máximo para voltar o quanto antes da gravidez da Lara. Fiz parte da seleção de novas, me dediquei ao máximo pra estar bem na seleção, me juntei ao Barueri e dei meu melhor em todos os momentos. Agora vou me concentrar na minha parte física, pois ainda quero dar muitas alegrias à torcida. Tem muita lenha pra queimar ainda! Vamos torcer juntos pela seleção! Beijão pra todos e boa semana!!"

Na primeira convocação de Zé roberto foram chamadas Juma, reserva de Dani no Barueri e Roberta. A provável titular da posição deverá ser Macris, que está em grande fase no Minas. Após as finais da Superliga, Zé Roberto completará o grupo de convocadas para as competições de seleções em 2019

foto: FIVB/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes