Seleção de Futebol feminino dos Estados Unidos entra com processo por igualdade salarial


Três meses antes de defender o título na Copa do Mundo na França, a Seleção Feminina de futebol dos Estados Unidos entra com um processo contra a Federação Nacional de Futebol em busca de igualdade salarial. Alguns anos atrás diversas jogadoras já tinham feito reclamação semelhante para a Comissão de Oportunidades Iguais de Emprego, mas nada mudou. Dessa vez, as jogadoras entraram com um processo contra a Federação. 

O processo foi protocolado no Dia Internacional da Mulher em Los Angeles e demanda não só a igualdade salarial entre a seleção masculina e feminina de futebol como também salários atrasados e exige uma forma de se acabar com anos de discriminação em relação aos diferentes contratos, condições de viagem, treinamento, acesso à equipe médica e promoção dos jogos. 

O texto do processo traz declarações prévias da Federação Americana de Futebol, que admite que paga menos para as suas jogadoras do que para os jogadores. A Federação chega ao ponto de afirmar que as realidades de mercado são tão diferentes que as mulheres não merecem ser pagas como os homens.Mas essa não é a primeira declaração da Federação em relação ao assunto. No passado, a organização disse que grande parte da disparidade entre as equipes masculina e feminina é resultado de acordos coletivos separados. O grupo afirmou que a equipe feminina montou sua estrutura de pagamentos para incluir um salário garantido em vez de um modelo de pagamento por jogo como acontece com os homens.


Dentre as declarações dadas por algumas jogadoras, destaca-se a preocupação com as gerações futuras de jogadoras americanas e o senso de responsabilidade para com atletas do mundo todo. Megan Rapinoe disse: "Nós temos a responsabilidade não só de defender o que sabemos que merecemos como atletas, mas também pelo que sabemos que é certo - em nome de nossas companheiras de equipe, futuras companheiras de equipe, companheiras atletas e mulheres em todo o mundo ".

Foto: Sky Sports

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes