Mundial de Skeleton 2019 - Dia 2


O segundo e último dia de disputas em Whistler (CAN) definiu os campeões mundiais de Skeleton deste ano. No masculino, o título ficou com o letão Martins Dukurs que foi o melhor nas quatro descidas e venceu com o tempo combinado de 3:28.11.

Este foi o sexto título mundial de Dukurs, sendo o quarto de forma consecutiva. Nas últimas sete edições de Campeonato Mundial, o letão, que é o recordista de títulos, só não venceu em 2013, quando ficou com o vice-campeonato. Na ocasião, o título ficou com o russo Alexander Tretiakov, que este ano ficou apenas em sexto lugar.

O pódio da prova masculina foi completada com o russo Nikita Tregubov, que terminou em segundo e com o sul-coreano Sungbin Yun, que chegou em terceiro.

Na prova feminina o pódio foi todo da Alemanha, com o título ficando com Tina Hermann, com o tempo combinado de 3:33.03. Este é o segundo título mundial de Hermann, repetindo o feito de 2016, e agora ela é a segunda atleta a conquistar dois títulos mundiais. A primeira havia sido a suíça Maya Pedersen, que foi campeã do mundo em 2001 e 2005.

Campeã do ano passado, Jacqueline Loelling ficou em segundo e Sophia Griebel em terceiro lugar. Campeã da temporada 2018/19 da Copa do Mundo, a russa Elena Nikitina ficou apenas em quinto lugar.


Brasileira Nicole Silveira termina em 25° lugar

A brasileira Nicole Silveira fez o seu melhor tempo em sua terceira e última descida. Nicole fez a marca de 55.91, melhorando em treze centésimos a sua melhor marca obtida na primeira descida. Entretanto, apesar da melhora, a brasileira caiu uma posição e terminou na 25ª colocação.

De qualquer maneira, Nicole Silveira fez história, A brasileira, que anteriormente competia no bobsled, se tornou a primeira atleta feminina do país a competir em um Campeonato Mundial de Skeleton.

Foto: IBSF 

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes