Monteiro e Tsuboi avançam no Aberto do Catar de Tênis de Mesa


O Aberto do Catar, competição platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, começou muito bem para os brasileiros. Na terça-feira (26), na Ali Bin Hamad Al Attiyah Arena, em Doha, Gustavo Tsuboi e Thiago Monteiro conseguiram importantes vitórias pela fase preliminar 2, seguindo no torneio e ainda brigando por um espaço na fase principal, onde já está Hugo Calderano, pré-classificado.

O torneio traz boas lembranças para o tênis de mesa do Brasil, pois foi lá que Hugo Calderano, no ano passado, conquistou a melhor colocação de um brasileiro em etapa platinum do Circuito: o vice-campeonato.

Nesta terça, quem teve bons motivos para sorrir foi Thiago Monteiro. O experiente atleta, de 37 anos, não tomou conhecimento do número 25 do mundo, o nigeriano Quadri Aruna: vitória por 4 a 1 (11/9, 11/8, 3/11, 12/10 e 11/6), com classificação garantida. O próximo adversário será o italiano Niagol Stoyanov, nesta quarta-feira, às 7h (de Brasília). Os dois só se enfrentaram uma vez: no Mundial por Equipes de 2012, com vitória do italiano, por 3 a 2.

Outro brasileiro na próxima etapa é Gustavo Tsuboi, que bateu o português João Geraldo, por 4 a 1 (7/11, 15/13, 11/7, 11/5 e 13/11). Na fase preliminar 3, o adversário será o sul-coreano Cho Daeseong, às 6h10. Os dois jamais se enfrentaram em jogos oficiais.

“Foi um jogo difícil. Apesar do placar de 4 a 1, tivemos vários sets decididos nos últimos pontos. Ainda não consegui produzi meu melhor jogo, mas consegui administrar bem os saques. Isso me dá mais confiança. Vou jogar contra o coreano, que ainda não conheço muito bem. Vamos preparar uma boa estratégia para tentar sair com a vitória”, disse Tsuboi.

Dupla com Calderano e Tsuboi
A quarta-feira em Doha também marca o início do torneio de duplas, com presença brasileira. O número 1 do Brasil e sexto do mundo, Hugo Calderano, jogará ao lado de Tsuboi, número 2 do país e 42° do ranking mundial. Os adversários serão os belgas Martin Allegro e Florent Lambiet, às 8h30.

Calderano e Tsuboi já disputaram alguns torneios juntos, com resultados expressivos. Em 2016, por exemplo, eles foram campões do Aberto da Suécia e chegaram ao Top-5 do ranking mundial de duplas. Ainda hoje ocupam a 17ª colocação na lista. Em 2015, no Catar, foram vice-campeões.

“São adversários difíceis, mas eu acredito na nossa ​dupla. Mesmo sem treinar muito, nós costumamos jogar bem juntos e já tivemos um ótimo resultado no Qatar em 2015”, diz Calderano, analisando o confronto de estreia contra os belgas.

Foto: ITTF

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes