Grand Prix de Judô – Etapa de Marraquexe – Último Dia


Sem brasileiros, hoje foi disputado o último dia do Grand Prix de Marraquexe. O destaque ficou por conta da Alemanha, que angariou duas medalhas de ouro neste domingo. 

Sem mais delongas, vejamos o resumo dos resultados finais. 

RESULTADOS FINAIS 

CATEGORIAS FEMININAS 

-78kg 
A medalhista de prata do Grand Slam em Düsseldorf, Anna Maria Wagner (GER), derrotada naquela oportunidade por Mayra Aguiar, venceu a medalhista de prata do Grand Prix de Tel Aviv Loriana Kuka (KOS) para receber a medalha de ouro em Marraquexe. Anna Wagner garantiu seu primeiro ouro da IJF World Tour. A alemã, na final, aplicou um uchi-mata, derrubando de lado a adversária e recebendo um waza-ari, pontuação mantida até o fim do tempo. 

As medalhas de bronze foram asseguradas pela portuguesa Patrícia Sampaio e pela também alemã Luise Malzahn. Detalhe: essa foi a 20º medalha da alemã na IJF World Tour. A disputa interna está interessante nessa categoria. 

+78kg: 
Kayra Sayit (TUR), medalhista de bronze no Campeonato Mundial, conquistou seu quarto título de Grand Prix, com uma impressionante exibição na categoria de peso-pesado feminino. A turca venceu com um xaza-ari a holandesa Tessie Savelkouls e provavelmente entrará no top 10 do mundo após a atualização do ranking. 

O continente africano ficou com as medalhas de prata. A primeira foi conquistada por Hortence Vanessa Mballa Atangana (CMR), nº25 do mundo, que derrotou Sandra Jablonskyte (LTU). A segundo ficou a cargo de Nihel Cheikh (TUN), após vitória sobre a britânica Sarah Adlington. 

CATEGORIA MASCULINA 

-90kg 
O ex-campeão mundial Nemanja Majdov (SRB) teve em sua frente o medalhista de bronze do Grand Slam de Osaka, Eduard Trippel (GER). Nenhum dos judocas possuía um campanha vitoriosa em Grand Prix, mas o sérvio, com um waza-ari, mudou essa história e colocou no rol de suas conquistas o torneio de Marraquexe. 

A primeira medalha de bronze foi conquistada pelo medalhista de bronze do Grand Prix de Agadir Quedjau Nhabali (UKR). A segunda medalha ficou com Robert Florentino (DOM), que venceu Rafael Macedo no Grand Slam de Dusseldorf. 

-100kg 
Medalhista de prata do Grand Prix de Tel Aviv, Benjamin Fletcher (IRL) dessa vez venceu na final, para conquista a segunda medalha de ouro de seu país no final de semana. A vítima foi Toma Nikiforov (BEL), A vitória veio somente no Golden Score. A família Fletcher tem muito de que se orgulhar. Além de Benjamin, sua irmã mais velha, Megan, ganhou uma medalha de prata ontem. 

O pódio foi completado por Kayhan Ozcicek-Takagi (AUS). O australiano é apenas o nº 72 do mundo, mas vem de importantes resultados na temporada. Quem também subiu ao pódio foi Mukhammadkarim Khurramov (UZB), dando mais uma medalha ao seu país. 

+100kg 
O número 55 do mundo, Sven Heinle (GER), foi o último homem a ficar de pé na categoria de peso-pesado masculino, ao derrotar Yerassyl Kazhybayev (KAZ), medalhista de bronze do Grand Prix de Tashkent. Heinle abriu o placar com um waza-ari e agiu rapidamente para prender seu rival cazaque com a técnica de osaekomi, garantindo a segunda medalha de ouro de seu país no terceiro dia. 

Andrii Kolesnyk e Temur Rakhimov (TJK) ficaram com o bronze. 

No próximo final de semana teremos o Grand Slam de Ekateriburg. Competição forte, contando com 403 competidores de 48 países e o Brasil contará com 24 atletas.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes