Brasil terá dois representantes na Copa Ibero-americana de Pentatlo Moderno


O Brasil estará presente na segunda edição da Copa Ibero-americana de Pentatlo Moderno, que será realizada no próximo sábado e domingo, dias 23 e 24, em Barcelona, na Espanha. Na competição da modalidade olímpica no país europeu, estaremos representados por Felipe Nascimento, 25, e Priscila Oliveira, 30. Os dois viajam para o torneio nesta quinta-feira, 21.

Felipe voltará a competir na Espanha com uma ótima lembrança do país. Em 2016, o pernambucano participou do Aberto da Espanha, que foi realizado em Sant Cugat del Vallès, e conquistou a medalha de bronze da competição.

“A Espanha é um bom local para competir e servirá para ir pegando ritmo de competição”, conta o pentatleta, que vai encarar o torneio como preparação para os Jogos Pan-Americanos de Lima, em julho, no Peru. “É a competição mais importante desse ano. Então, toda minha preparação está visando estar no auge nessa prova”.

Felipe, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, planeja ficar no top 10 do torneio de Barcelona. O pernambucano diz que espera fazer o seu melhor e competindo bem, principalmente, na esgrima e no laser-run (tiro a laser e corrida).

“Meus treinamentos estão seguindo a programação normal”, avisa, lembrando do treinamento internacional com pentatletas húngaros organizado pelo Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx) em meados de fevereiro no Rio, do qual participou. “O camp trainig ajudou bastante para aumentar a qualidade do meu treino de esgrima”.

Estreando na Espanha
As disputas da Copa Ibero-americana da Espanha começam no sábado com a esgrima, a natação e o hipismo masculino. No domingo, acontecerão o hipismo feminino e as provas do laser-run.

Assim como Felipe, em Barcelona, Priscila Oliveira também vai representar o Brasil no Pan de Lima. No Peru, eles estarão ao lado dos brasileiros Danilo Fagundes, 31, Ieda Guimarães, 18, e Isabela Abreu, 23.

“Meu planejamento para a temporada é fazer algumas competições internacionais e nacionais antes dos Jogos Pan-Americanos, mas o desafio desse semestre vai ser encontrar um patrocínio para eu ter mais apoio”, projeta a pernambucana.

Priscila esteve presente nas duas últimas edições dos Jogos Pan-Americanos – Guadalajara 2011 (México), onde ficou em 9º; e Toronto 2015 (Canadá), onde foi a 14º. Agora, ela diz estar com as melhores expectativas para sua primeira disputa da temporada, conta que os treinos foram fortes e espera fazer o melhor para evitar erros.

“Essa competição é interessante porque terá atletas de vários países”, avalia. “Uma competição na Europa sempre é forte e com a questão de ser final direta, já garanto uns pontos no ranking”, comemora.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes