Ausência de autorização para ir a Israel pode deixar Seleção iraniana de futebol feminino fora de Tóquio/2020


Motivos políticos podem deixar o time de futebol iraniano fora das Olimpíadas de Tóquio. As iranianas devem jogar parte de seus jogos de qualificação na cidade palestina de Al Ram, tendo que atravessar territórios israelenses, o que é proibido pela lei do Irã.

O time de futebol feminino iraniano pode ser forçado a desistir da pré-eliminatória em Tóquio, em virtude dessa situação. Além disso, também seria necessário que a seleção solicitasse vistos para Israel, um país do qual o Irã se declara um inimigo político.

"Em nossos passaportes, há a descrição expressa de que os iranianos não podem viajar para os Territórios Palestinos ocupados", disse o assessor técnico da equipe, Hussein Abdi. A federação de futebol do Irã pediu, sem sucesso, uma nova sede para os jogos.

Junto com o Irã, estão presentes no mesmo grupo de classificação Palestina, Taiwan e Filipinas. A rodada começará no dia 1º de abril e o vencedor deste grupo avançará para a fase final marcada para o início do ano que vem.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes