Aos 73 anos, morre Daniel Rudisha, medalhista olímpico pelo Quênia


Daniel Rudisha, medalhista olímpico de prata em 1968 e pai do bicampeão olímpico dos 800 metros David Rudisha, faleceu aos 73 anos. 

David Rudisha fez o anúncio na quinta-feira, dizendo que seu pai teve um ataque cardíaco na quarta-feira durante o tratamento de diálise. O Rudisha mais velho lutou contra o diabetes por muitos anos e esteve na unidade de terapia intensiva esta semana.

"Nosso amado pai infelizmente nos deixou ontem à noite", disse David Rudisha. "Ele havia se recuperado e estava a caminho de ser transferido da unidade de tratamento intensivo. Estava falando bem e brincando como de costume, enquanto passava por seu tratamento de diálise, mas por volta das 11 da noite sofreu um ataque cardíaco súbito. Vamos tentar permanecer fortes durante estes tempos difíceis".

Daniel Rudisha ganhou prata no revezamento 4x400 metros nos Jogos Olímpicos de 1968, na Cidade do México, um dos primeiros sucessos olímpicos do Quênia na pista. Kip Keino entrou em cena para ganhar o ouro para o Quênia nos 1.500 metros nas mesmas Olimpíadas.

David Rudisha, recordista mundial e bicampeão mundial nos 800 metros, costumava se referir ao pai como inspiração. Ele deu ao pai a sua primeira medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, quando estabeleceu o recorde mundial atual. 

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes