Número um do mundo, Naomi Osaka rompe com treinador Sascha Bajin


A tenista número 1 do mundo, Naomi Osaka, se separou do técnico Sascha Bajin 16 dias depois de vencer o Aberto da Austrália. A japonesa de 21 anos, cuja vitória em Melbourne selou o seu segundo título consecutivo de Grand Slam, trabalhou com o alemão por pouco mais de um ano.

"Eu não vou mais trabalhar junto com Sascha", tuitou Osaka. "Agradeço pelo seu trabalho e lhe desejo tudo de bom no futuro".

Bajin foi eleito o treinador do ano de 2018 pela WTA. Ele também já trabalhou com outras três campeãs de Grand Slam, Serena Williams, Victoria Azarenka e Caroline Wozniacki.

Sob o comando de Bajin, Osaka subiu do número 72 do mundo no início de 2018 para o topo do ranking pouco mais de um ano depois. Nenhuma razão foi dada para a separação.

Foto: Reuters

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes