Jessica Ferreira faz 'intensivo' no CT e mira Campeonato das Américas de Paratriatlo

A triatleta Jessica Ferreira, classe PTWC, esteve no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, desde o início de janeiro para treinos e testes para melhor desempenho em competições internacionais desta temporada. A esportista foi a ganhadora do Prêmio Paralímpicos 2018 da modalidade e quer manter os bons resultados neste ano.

A primeira competição internacional de 2019 que Jéssica participará será o Campeonato das Américas da modalidade em Sarasota, nos Estados Unidos (EUA), em março. Para isso, ela realiza três períodos de treino diários com os técnicos Fernando Orso, do atletismo para cadeirantes, e Fabiano Quirino, técnico da Seleção de natação para atletas de classes baixas. A atleta utilizará a estrutura do CT até o mês de fevereiro.

“Meu técnico optou por lapidar as modalidades de natação e atletismo com profissionais especialistas em cada área para melhorar a prova como um todo. O triatlo é bem complexo e o CT tem excelentes treinadores, a infraestrutura é incrível. Aqui posso treinar a corrida, natação e bicicleta, além da musculação, o que atende todas as fases e necessidades de volume, intensidade e força que o meu treinamento requer”, disse a atleta de 31 anos.

Jéssica ficou paraplégica após um acidente de carro em 2013 e começou no ciclismo, ganhou destaque e migrou para o triatlo em 2017. No ano passado, faturou a medalha de ouro na Copa do Mundo da modalidade nos Estados Unidos e bronze na etapa da Espanha.

No mês de junho, será aberta a temporada de classificação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, que se encerrará em junho de 2020. O ranking será formado com as três melhores marcas do atleta durante esse período e os oito primeiros colocados de cada classe garantem a vaga para os Jogos de Tóquio.

Foto: CPB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes