Ginasta brasileira considerada promessa se aposenta aos 16 anos após cirurgia no joelho


Uma joia da ginástica artística brasileira ficou pelo caminho. Apontada como promessa para a Olimpíada de Tóquio 2020, Fabiane Valentin Brito anunciou na última quinta-feira (14) via redes sociais que está se aposentando da seleção brasileira. A jovem de apenas 16 anos não conseguiu recuperar o alto nível depois da segunda cirurgia no joelho e se retirou da elite da modalidade.

"Eu tentei até meu máximo voltar, infelizmente assim como toda porta se abre, uma se fecha, e sinto que esse ciclo que me fez ser quem eu sou, ter as amizades que tenho, admiração e amor pelo esporte tenha se fechado, foi uma decisão muito difícil de se tomar pois muitos acreditavam em meu potencial, mas não posso forçar algo que meu corpo não me permite mais por riscos de lesões piores acontecerem" postou a ginasta do clube curitibano Cegin em suas redes sociais.

Fabi era uma das promessas da nova geração da ginástica brasileira. Em 2017, ainda como juvenil, a jovem conquistou três ouros e uma prata nos Brasileiros adultos. Resultados que lhe garantiram uma vaga na seleção brasileira de 2018 antes mesmo de entrar para a categoria adulta. Seu ano de caloura, porém, começou com uma lesão no joelho. Ela sequer conseguiu completar sua prova de estreia entre as adultas, só fez o salto na American Cup do ano passado, a tradicional etapa americana da Copa do Mundo.

A ginasta já havia passado por uma cirurgia no joelho aos 14 anos. A nova cirurgia era inevitável. A recuperação desta vez foi mais complicada, e Fabi não conseguiu retomar o nível técnico para brigar por uma vaga na seleção brasileira.

foto: Ricardo bufolin/CBG

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes