EUA renova pedido de reforma da votação para beneficiar nações "limpas" no levantamento de peso

A USA Weightlifting (USAW) continua suas tentativas de mudar as regras de votação da International Weightlifting Federation (IWF), apesar da falta inicial de apoio à ideia por parte de um grupo de trabalho.

Phil Andrews, executivo-chefe da USAW, disse que simpatiza com atletas forçados a trapacear, e com a Rússia e outras nações enquanto tentavam mudar a cultura do esporte, mas ele quer votos extras para nações "limpas" baseadas no mesmo princípio usado nas eliminatórias olímpicas.

Ele também quer que as nações que sediarem grandes competições e, portanto, contribuam para o crescimento do esporte, sejam recompensadas com poderes adicionais de decisão, desde que tenham um bom histórico de doping.

Os americanos estão satisfeitos com o progresso da IWF em seus esforços para convencer o Comitê Olímpico Internacional (COI) de que o levantamento de peso merece continuar sendo um esporte olímpico após 2020, quando seu status é incerto.

Uma área na qual a IWF espera impressionar o COI está em revisar sua constituição.

O órgão pediu às Federações Nacionais para apresentar idéias para a mudança, e as melhores vão para a votação no Congresso da IWF em setembro.

Andrews pretende falar sobre seu plano no próximo mês em Las Vegas, onde o Conselho Executivo da IWF se reunirá antes do Campeonato Mundial da Juventude.

Ele disse que dar votos extras para as nações com um registro limpo de doping é "uma mudança cultural permanente que, acredito, o COI realmente vai gostar" - e que a IWF deve fazer todo o possível para apoiar quaisquer mudanças que tenham apoio do COI.

Andrews disse que a IWF mereceu elogios por assinar parcerias com o Centro Canadense de Ética no Esporte e pela Agência Internacional de Testes, por seus esforços antidoping em termos de educação, testes e fiscalização, e por criar um sistema olímpico de qualificação que premia nações limpas.

"A IWF pode ter o trabalho mais difícil de qualquer Federação Internacional, e eles entregaram bem - as coisas estão realmente mudando", disse Andrews.

Ele destacou também os esforços da Rússia, sob o presidente da Federação Nacional, Maxim Agapitov, "para mudar a cultura em uma nação historicamente bem sucedida e célebre de levantamento de peso".

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes