Duelo entre tenistas da Next Gen é destaque nas quartas de final do Rio Open

O confronto entre o canadense Felix Auger-Aliassime e o espanhol Jaume Munar, dois tenistas da Next Gen da ATP, é o destaque das quartas de final do Rio Open de Tênis, nesta sexta-feira (22), no Jockey Club Brasileiro. 

Os outros jogos serão entre o uruguaio Pablo Cuevas, campeão em 2016, e o espanhol Albert Ramos-Vinolas, entre o norueguês Casper Ruud, também Next Gen, e o sérvio Laslo Djere, e entre o esloveno Aljaz Bedene e o boliviano Hugo Dellien, que abre a rodada às 15h.

Nesta quinta, Cuevas derrotou o argentino Juan Ignacio Londero por 6/1 e 6/4, e Ruud, de 20 anos, passou pelo português João Souza, cabeça de chave número 5, por 6/3, 3/6 e 6/4. Cuevas ganhou seis dos sete jogos que fez contra seu próximo adversário, Ramos-Vinolas. "Não me sinto favorito, mas estou contente como venho jogando nas últimas semanas. Tenho boas recordações daqui e espero fazer um bom jogo", disse o uruguaio.


A rodada valendo vaga para a semifinal promoverá o encontro de dois jovens promissores do circuito.  Auger-Aliassime, de 18 anos, e que eliminou na estreia o italiano Fabio Fognini, e Munar,de 21 anos, que foi semifinalista do Next Gen Finals no ano passado. Os dois já se enfrentaram duas vezes no circuito ATP, com duas vitórias de Munar. "Espero uma partida bem dura, mas acredito no meu jogo e acho que posso conseguir a vitória", disse o canadense.

Ruud, de 20 anos, foi semifinalista do Rio Open em 2017, e terá um confronto duro contra Djere, responsável por eliminar o austríaco Dominic Thiem na estreia. Nesta quinta, o sérvio derrotou o japonês Taro Daniel por 6/4 e 6/2. "O jogo contra Sousa foi difícil, uma batalha, mas acho que joguei melhor nos momentos decisivos. Nunca joguei com Djere, no papel ele é favorito, mas espero sair com a vitória", disse Ruud.

Bellucci e Rogerinho eliminam Marcelo e Bruno e disputam vaga na final de duplas
Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva surpreenderam Marcelo Melo e Bruno Soares, dupla cabeça-de-chave número 1, nesta quinta-feira, e garantiram vaga na semifinal do Rio Open. Bellucci e Rogerinho venceram Marcelo e Bruno por 6/2, 6/7 (6) e 10/5, e enfrentarão na semifinal, nesta sexta, no segundo jogo da quadra 1, o argentino Andres Molteni e o tcheco Roman Jebavy. Eles derrotaram o brasileiro Marcelo Demoliner e o dinamarquês Frederik Nielsen por 3/6, 6/4 e 10/3.

"Estamos bem contentes com a vitória, temos menos responsabilidade por sermos jogadores de simples e hoje deu tudo certo, fomos superiores a maior parte do jogo", disse Bellucci.

Marcelo e Bruno, campeões de Grand Slam e que ainda não venceram no Rio, reconheceram a superioridade de Bellucci e Rogerinho. "Parece o fim do mundo quando perdemos, mas jogo de duplas é decidido em detalhes, e eles foram melhor hoje. Temos que olhar as coisas positivas, o momento especial de jogarmos juntos aqui, termos contato com a torcida, ver a quadra cheia", disse Marcelo.

Na outra semifinal, os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, campeões em 2014 e 2016, enfrentarão, às 15h, na quadra 1, a parceria formada pelo chileno Nicolas Jarry e pelo argentino Maximo Gonzalez. Cabal e Farah venceram os britânicos Luke Bambridge e Jonny O'Mara por 6/2 e 6/3. Jarry e Gonzalez derrotaram o croata Nikola Mektic e o argentino Horacio Zeballos por 4/6, 7/6 (5) e 12/10.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes