Bellucci e Rogerinho ficam com o vice nas duplas do Rio Open de Tênis; Canadense e sérvio decidem nas simples


Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva chegaram à decisão de duplas do Rio Open de Tênis, chegaram a sair na frente, mas levaram a virada para o argentino Maximo Gonzalez e o chileno Nicolas Jarry no sábado (23) por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (3), 6/3 e 10-7. 

Foi a segunda vez que um brasileiro fica com vice nas duplas. Em 2014, Marcelo Melo ficou nessa posição.

Gonzalez (ARG) acabou confirmando o bom momento que vive na temporada. Na última semana, ficou com o título do ATP 250 de Buenos Aires e ainda tinha sido vice-campeão em Córdoba, jogando ao lado de Horacio Zeballos (ARG).

Sensação canadense enfrenta sérvio na final de simples
A sensação Felix Auger-Aliassime (CAN), 104º colocado da ATP, surpreendeu o ex-top 20 Pablo Cuevas (63º da ATP) na semifinal com vitória por 6/3, 3/6 e 6/3 neste sábado. 

Aos 18 anos, o prodígio atinge a primeira final de um torneio ATP.

Na decisão, Auger-Aliassime pega Laslo Djere (SRB), que avançou após Aljaz Bedene sentir uma lesão na perna direita e não disputar a semifinal Com isso, o sérvio Laslo Djere garantiu a vaga na grande final deste domingo, a primeira dele em um torneio nível ATP 500.

"Eu senti dores na perna direita um dia antes da minha estreia no Rio Open. Na partida de ontem (contra o boliviano Hugo Dellien), dei um pique e a dor piorou", explicou Bedene. "Estava ansioso para o confronto contra Djere, depois de bons jogos que fiz na gira sul-americana, e estava gostando de jogar no Rio. Sinto por ter que me retirar da partida, peço desculpas para meus fãs e agradeço o apoio que recebi nesta semana. Espero voltar a jogar no Rio Open."

Foto: Fotojump

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes