Recordista mundial dos 200m peito, Rikke Pedersen anuncia aposentadoria

Detentora do recorde mundial nos 200m peito, Rikke Møller Pedersen - da Dinamarca - anunciou sua aposentadoria via Instagram:

“É com os mesmos passos incertos, mas com a mesma vontade, a mesma coragem e a mesma determinação indomável que comecei minha carreira de natação e concentrei meus esforços em alcançar meus sonhos, que hoje eu anuncio que estou parando minha carreira como uma nadadora profissional”.

A medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio, hoje com 30 anos, continuou: “Foi uma decisão difícil que levou muito tempo para ser tomada. No processo, tenho lutado para colocar e priorizar as coisas que fizeram a escala de peso inclinar-se para a minha carreira parar".

E continua a atleta: "Essa difícil decisão foi caracterizada por pensamentos como: 'Eu estou desistindo?', 'Eu deveria apenas ver o que está esperando na próxima parada?' Assim como sentimentos incertos sobre o que meu futuro oferecerá e como será nunca se sentir tão bem em ganhar algo novamente e com o medo de não ser suficientemente boa em um novo ambiente. Mas os pensamentos e sentimentos foram trabalhados e agora estou de pé e olhando para trás com orgulho. Estou pronto para começar um novo capítulo na minha vida".

“Por 24 anos, a natação, meu mundo abaixo da superfície, tem sido minha tela, meu espaço e minha alegria. Meu esporte me deu os melhores e mais difíceis momentos da minha vida. Ensinou-me a refletir, a capacidade de mergulhar e a vontade de ter sucesso. Ele me deu uma visão sobre mim mesmo e outras pessoas, colaboração, coesão e parceria. Aprendi a me apegar aos nervos que me dão a quinta marcha e a alegria de vencer, assim como as lágrimas da derrota".

“Com 15 anos no cenário internacional aprendi a ser corajosa. Eu aprendi quem eu sou quando estou sozinha atrás da minha plataforma na frente de milhares de espectadores. Eu aprendi em conjunto e a fazer o meu melhor todos os dias para mim e para a minha equipe. Minha carreira tem sido uma jornada fantástica, e eu tenho tido o privilégio de experimentar mais do que posso sonhar. Acho difícil encontrar palavras para o apoio que tenho experimentado repetidamente em cooperação e adversidade. Mas eu gostaria de agradecer a você. Obrigado a todos vocês que me apoiaram”.
O destaque da carreira de Pedersen foi a conquista do recorde mundial de nado peito nos 200 metros feminino nas semifinais do evento no Campeonato Mundial de 2013. Ela acabou caindo para a russa Yulia Efimova na final, incapaz de igualar sua performance abaixo dos 2:20 e se contentar com a prata em 2: 20.08.

Desde então, Pedersen continuou a ser um pilar da cena internacional de elite de peitos, capturando 200m de bronze no Campeonato Mundial de Curtos em Doha/2014. 

Mais recentemente, Pedersen ganhou prata na edição de 2018 do Campeonato Europeu, em Glasgow no revezamento medley.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes