Com freiras, professor e mirando os Jogos Olímpicos, Vaticano lança equipe de atletismo

O Vaticano lançou nesta quinta-feira (10) uma equipe de atletismo com o objetivo de competir em provas internacionais após de ter assinado um acordo com o Comitê Olímpico Italiano (CONI).

Cerca de 60 atletas, incluindo freiras, guardas suíços, padres, farmacêuticos e até um professor de 62 anos que trabalha na biblioteca do Vaticano fazem parte da equipe.

A iniciativa faz parte da tentativa do Vaticano de promover o esporte como um instrumento de dialogo, paz e solidariedade.

Em razão do acordo com o CONI, a equipe faz parte da associação de atletismo da Itália e almeja fazer parte da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) e disputar competições internacionais, com os Jogos dos Pequenos Estados da Europa e os Jogos Mediterrâneos.

O Monsenhor Melchor Jose Sanchez de Toca y Alameda, chefe da equipe de atletismo e do setor de esportes do Ministério da Cultura do Vaticano, disse que: "O sonho que temos com frequência é ver a santa bandeira entre as delegações da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos."

"Podemos chegar até no pódio", completou Melchor Sanchez.

Entretanto, o monsenhor não deu prazo para que tal sonho se realize.

Entre os membros honorários da equipe estão dois migrantes ilegais: Buba Jallow, originário de Gâmbia e Amsou Cisse, nascido no Senegal. Os dois não fazem parte da equipe, mas treinam com eles.

A equipe ainda é composta por atletas paralímpicos e o Vaticano também vai tentar um acordo semelhante com o Comitê Paralímpico da Itália

Foto: Divulgação



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes