Alumínio reciclado de habitações temporárias em Fukushima será utilizado nas tochas olímpicas de Tóquio 2020

O alumínio reciclado de habitações temporária em Fukushima será usado para fazer as tochas olímpicas para os Jogos de Tóquio 2020.

Fukushima foi atingida por um terremoto devastador em março de 2011, criando subsequentemente um tsunami e um desastre nuclear.

As tochas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 serão feitas com o alumínio reciclado da construção temporária construída após a tragédia, que custou cerca de 16.000 vidas.

Mais de 10.000 peças de alumínio serão necessárias para fazer as tochas e os organizadores precisarão se coordenar com os governos locais para determinar qual alojamento temporário não está mais em uso.

A volta japonesa do Revezamento da Tocha começará em Fukushima em 26 de março de 2020, com a tocha visitando também Iwate e Miyagi, duas outras regiões atingidas pelo terremoto.

Em seguida, ele percorrerá 47 prefeituras por 121 dias para chegar a Tóquio para a cerimônia de abertura olímpica em 24 de julho de 2020.

Tóquio 2020 foi promovido como uma "Olimpíada de Reconstrução", com os organizadores também coletando metais de eletrônicos usados para fazer as 5.000 medalhas necessárias para o evento.

Seu objetivo de coletar 2.700 kg de bronze já foi alcançado e eles estão confiantes de que atingirão sua meta de medalhas de ouro e prata até março.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes