Nova Geração do Atletismo (parte 1): Armand Duplantis - salto com vara

A IAAF tem promovido uma série selecionando atletas que prometem ser grandes estrelas no futuro, de olho, principalmente, no Mundial de Atletismo em Doha (2019) e na Olimpíada de Tóquio (2020). A primeira joia selecionada foi o sueco Armand Duplantis.

Nascido em 10 de novembro de 1999, em uma família de esportistas, Armand mostrou seu potencial desde cedo e estabeleceu vários recordes em categorias de base. 

Ouro no Campeonato Mundial Sub18 da IAAF, Cali/2015, o sueco afirmou que "Esse foi o momento em que percebi que tinha potencial para quebrar o recorde mundial ou vencer as Olimpíadas".

O atleta quebrou o recorde mundial sub-20 do salto com vara durante a temporada 2017 e melhorou a marca para 5,90m (outdoor), quebrando, ainda, o recorde sueco. Venceu também o título europeu Sub-20 e na final do Campeonato Mundial da IAAF em Londres (2017), chegou à final, ficando em nono lugar.

Sua evolução continuou em 2018, com 5,92m e 5,93m em suas primeiras competições na temporada. Este ano reservou um momento especial para o atleta: a vitória na etapa da Diamond League, em Estocolmo, no quintal de Duplantis.

Depois de conquistar o título mundial de Sub-20 em Tampere/2018, ele foi para o Campeonato Europeu como um dos favoritos à medalha, mas conquistou muito mais. O sueco venceu e quebrou o seu próprio recorde mundial sub-20 em três oportunidades: 5.95m, 6.00m e 6.05m.

Os feitos de Armand Duplantis não param por aí. No início deste ano, ele venceu o campeão mundial Sam Kendricks (USA), em Estocolmo, e derrotou o recordista mundial Renaud Lavillenie (FRA) quatro vezes em 2018.

Um fato curioso sobre a joia sueca é que ele possui dupla cidadania. Nasceu nos EUA, mas representa a nação de sua mãe, a Suécia. "Eu gostaria de trazer um ressurgimento ao atletismo sueco. Gostaria de deixar minha mãe orgulhosa", concluiu.

Alguma dúvida de que ela está bastante orgulhosa?

Nas competições outdoor, o sueco possui a segunda melhor marca da história do salto com vara. Isso aos 19 anos. Certamente, muito será falado sobre esse jovem atleta. 

6.14 Sergey Bubka (URS) Sestriere 1994 
6,05 Maxim Tarasov (RUS) Atenas 1999 
6,05 Dmitri Markov (AUS) Edmonton 2001 
6,05 Renaud Lavillenie (FRA) Eugene 2015 
6,05 Armand Duplantis (SWE) Berlim 2018

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes