Japão vai introduzir lei proibindo venda ilegal de ingressos antes de Tóquio 2020

A Câmara dos Deputados do Japão aprovou uma lei que proíbe a revenda ilegal de ingressos para eventos de entretenimento e esportivos. Agora, a lei deve ser votada pelo Senado e a intenção é que entre em vigor antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020.

A lei diz que qualquer revenda de ingressos visando lucro será proibida, isso inclui as vendas na internet em sites especializados em repassar ingressos.

Também está incluso que o Governo tomará medidas necessárias para confirmar que a pessoa que entrar no eventos seja a mesma que adquiriu o ingresso. Para isso, deverá ser exigido identificação dos portadores na entrada de eventos.

É provável que a lei permita a revenda de ingressos pelo mesmo valor pago e apenas pela pessoa que adquiriu o ticket.

Se a Câmara dos Deputados sancionar a lei, ela deve entrar em vigor em seis meses, o que dá tempo de informar o público.

A intenção dos deputados é criar uma legislação que torne mais transparente as vendas dos ingressos para as Olimpíadas, que começará em 2019, e também para atender um pedido do presidente de Tóquio 2020, Yoshiro Miro, que se declarou preocupado com a ameaça de cambistas.

Foto: Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes