Grand Prix Junior de Patinação Artística - Final: Dia 2

Dia de decisões emocionantes nas finais do Grand Prix Junior de Patinação Artística. Na Dança no Gelo, domínio total da Rússia e a vitória de Shevchenko e Eremenko pela menor margem possível. No masculino, o canadense Stephen Gogolev (foto) venceu, superando os adversários e uma verdadeira reviravolta do destino: entrou na final como reserva, após quase ficar fora da competição.

Dança no Gelo: 

Apenas 0,01 ponto. Essa foi a diferença que valeu a vitória para Sofia Shevchenko e Igor Eremenko, da Rússia sobre seus compatriotas Arina Ushakova e Maxim Nekrasov. Se apresentando primeiro no dia, Shevchenko e Eremenko ficaram em segundo lugar e obtiveram seu melhor resultado na temporada, com 102.93 pontos na Dança Livre. Mas a somatória com a Dança Rítmica lhes valeu a vantagem sobre Ushakhova e Nekrasov: "Estamos numa espécie de choque agora, andando por aí vidrados. Ainda não entendemos. Esporte é uma coisa—uma hora você está no topo e na próxima você está lá no fundo. Essa é nossa primeira vitória maior", disse Schevchenko. Eremenko destacou que os centésimos de ponto foram disputados arduamente: "Foi por tão pouco, 0,01 ponto de diferença. Valeu a luta".

Em terceiro lugar ficaram os também russos Elizaveta Khudaiberdieva e Nikita Nazarov, que na somatória conseguiram se manter 0,03 ponto a frente dos canadenses Marjorie LaJoie e Zachary Lagha, melhor colocados na Dança Livre.

CLASSIFICAÇÃO - DANÇA NO GELO - DANÇA LIVRE

1. Arina Ushakova/Maxim Nekrasov (RUS) 103.16 pontos
2. Sofia Shevchenko/Igor Eremenko (RUS) 102.93 pontos
3. Marjorie Lajoie/Zachary Lagha (CAN) 98.26 pontos
4. Elizaveta Khudaiberdieva/Nikita Nazarov (RUS) 98.25 pontos
5. Avonley Nguyen/Vadym Kolesnik (EUA) 94.74 pontos
6. Maria Kazakova/Georgy Reviya (GEO) 91.25 pontos

CLASSIFICAÇÃO FINAL - DANÇA NO GELO - FINAL DO GRAND PRIX JUNIOR

OURO - Sofia Shevchenko/Igor Eremenko (RUS) 170.66 pontos
PRATA - Arina Ushakova/Maxim Nekrasov (RUS) 170.65 pontos
BRONZE - Elizaveta Khudaiberdieva/Nikita Nazarov (RUS) 164.54 pontos

4. Marjorie Lajoie/Zachary Lagha (CAN) 164,51 pontos
5. Avonley Nguyen/Vadym Kolesnik (EUA) 158.47 pontos
6. Maria Kazakova/Georgy Reviya (GEO) 148.76 pontos

Masculino:

Stephen Gogolev viveu um dia de heroi: de sétimo colocado na fase de classificação, e portanto sem vaga para as finais do Grand Prix, o canadense de 13 anos acabou ganhando a oportunidade de participar do evento por conta do abandono de Andrew Torgashev, dos EUA, em tratamento de problemas de saúde. Se apresentando em casa, Gogolev segurou o nervosismo—que custou sua classificação antes, com uma performance falha na etapa classificatória do Canadá—e mesmo com uma queda no primeiro salto conseguiu reorganizar-se, executou um programa com três saltos quádruplos, uma sequência de passos ágil e piruetas de nível 4 e conseguiu um novo recorde da temporada, com 154.76 pontos, e uma somatória final de 233.58 pontos: "Eu nem sinto que estou aqui. Parece como as outras competições para mim. Eu estava um pouco nervoso, mas era um nervoso normal como outras competições."

Considerado um saltador prodígio, já tendo executado todos os mesmos saltos quádruplos que já foram feitos por patinadores senior em competições, Gogolev ressaltou o aprendizado que teve treinando no Toronto Skating Cricket and Curling Club ao lado de grandes nomes do esporte, como o bicampeão olímpico Yuzuru Hanyu e o bicampeão mundial Javier Fernández, lembrando que o esporte vai além de saltos: "Aprendi que você precisa trabalhar em tudo: a habilidade da patinação é muito importante, não só os saltos. É também piruetas e a perícia em patinar."

Em segundo lugar, com 142.59 pontos e 218.75 na somatória ficou o russo Petr Gumennick, com uma performance bastante segura mas com saltos mais modestos e em terceiro ficou o japonês Koshiro Shimada, que se mostrava muito feliz com o resultado: "Ainda estou surpreso que eu terminei em terceiro. Consegui desfrutar a performance de hoje, apesar do fato de eu estar mais nervoso do que ontem. Fui bem no treino da manhã. Mesmo perdendo o foco na primeira metade porque eu estava focado demais no meu salto quádruplo vindo. Eu pude sentir a melhora na minha performance e essa foi a parte mais feliz."

Em quarto ficou o francês Adam Siao Him Fa. O líder do programa curto, Camden Pulkinen dos EUA teve uma performance com inúmeras falhas, duas quedas, estouro de tempo e acabou o dia em último lugar, com 117.37 pontos. Na somatória final terminou com 197.68 pontos na penúltima colocação, à frente de Tomoki Hiwatashi, também dos EUA.

CLASSIFICAÇÃO - MASCULINO-PROGRAMA LIVRE:

1. Stephen Gogolev (CAN) 154.76 pontos
2. Petr Gumennik (RUS) 142.59 pontos
3. Adam Siao Him Fa (FRA) 140.56 pontos
4. Koshiro Shimada (JPN) 140.41 pontos
5. Tomoki Hiwatashi (EUA) 128.32 pontos
6. Camden Pulkinen (EUA) 117.37 pontos

CLASSIFICAÇÃO FINAL - MASCULINO - FINAL DO GRAND PRIX JUNIOR

OURO - Stephen Gogolev (CAN) 233.58 pontos
PRATA - Petr Gumennik (RUS) 218.75 pontos
BRONZE - Koshiro Shimada (JPN) 214.38 pontos

4. Adam Siao Him Fa (FRA) 207.04 pontos
5. Camden Pulkinen (EUA) 197.68 pontos
6. Tomoki Hiwatashi (EUA) 190.80 pontos



Foto: ISU

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes