Governo japonês anuncia proibição de drones perto de locais de competição durante Tóquio 2020

O Japão proibirá os drones de sobrevoarem os locais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020.

A decisão foi tomada durante uma reunião de Ministérios e Agências governamentais relevantes.

Apesar de nenhum comentário para a decisão ter sido confirmado, ele vem depois do caos no aeroporto de Gatwick, em Londres, que tem fechado repetidamente nos últimos dias devido a avistamentos de drones perto da pista.

A saga começou na noite de quarta-feira (19 de dezembro) e levou cerca de mil vôos a serem atrasados ou cancelados.

Cerca de 140 mil passageiros foram impactados, com um homem e uma mulher presos em conexão com o incidente na sexta-feira (21 de dezembro) antes de serem libertados sem acusação formal.

Espera-se que a nova medida implementada pelo governo japonês ajude a impedir possíveis ataques terroristas e outros atos perigosos, como os vistos em Londres nos últimos dias.

Assim como nos locais esportivos durante os Jogos, os drones também serão impedidos de voar perto dos principais aeroportos, enquanto que os sobrevoos de instalações para a Força de Auto-Defesa do Japão ou bases militares dos EUA foram permanentemente banidos.

Uma proibição similar será imposta durante a Copa do Mundo de Rugby de 2019, que também vai ser disputada no Japão.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes