Ester Ledecka segue surpreendendo após ouro no Esqui Alpino em PyeongChang

A esquiadora e snowboarder tcheca Ester Ledecka, que surpreendeu ao vencer o Super-G do esqui alpino e o slalom gigante paralelo do snowboard nas últimas Olímpiadas de Inverno, voltou a se destacar no esqui Alpino recentemente

 A atleta chegou a liderar uma sessão de treinamentos para a etapa de Val Gardena (ITA) da Copa do Mundo com margem confortável, dois dias após de vencer um evento paralelo de slalom.

"Essa foi minha primeira vez com esquis em duas semanas, pois estava apenas com snowboard", disse Ledecka à Associated Press. Ela competiu com esqui em um Super-G na Suíça em 8 de dezembro, terminando na 29ª colocação.

Ledecka terminou em segundo lugar em uma corrida de snowboard em Carezza, na Itália, no dia 14 de dezembro e ganhou uma corrida noturna em Cortinha d'Ampezzo no dia 15. um dia depois da vitória, ela já estava treinando com esquis em Val Gardena, onde acontece o treinamento da Copa do Mundo.

"Foi uma loucura vir aqui, porque é um novo morro. Então fiquei um pouco insegura com as minhas curvas de esqui, mas estou feliz por poder me sentir bem com o equipamento e ter boas corridas", comentou.

Ledecka terminou a volta 0,40 segundo a frente de Nicol Delago, da Itália, e 0,43 a frente de Nicole Schmidhofer, da Aústria, essa última que venceu as duas descidas de abertura desta temporada.

Mas para Ledecka, isso não quer dizer muito. "Ainda é apenas um treinamento. Todas as meninas estão treinando e procurando as boas linhas", disse a snowboarder, após a liderança em Val Gardena.

Em Pyeongchang, Ledecka ganhou ouro no Super-G de esqui alpino e o slalom gigante paralelo do snowboard, se tornando o primeiro atleta a ganhar os dois ouros usando equipamentos diferentes numa mesma edição de Jogos de Inverno.

A vitória no esqui foi uma surpresa para a atleta de 23 anos, que ainda carece de experiência no esqui. Para Ledecka, a vitória em Val Gaderna, em uma ladeira em que as mulheres ainda não tinham corrido, iguala a competição para ela.

As chances da tcheca na etapa ainda sobem com a ausência de Lindsey Vonn e Sofia Goggia, lesionadas, e da líder da Copa do Mundo, Mikaela Shiffrin, que está descansando. "Ainda tenho um longo caminho no esqui. Espero conseguir melhor um pouco ainda este ano", avaliou.

Ledecka passou por um susto no mês passado, quando quebrou um osso na mão esquerda durante um treinamento de snowboard em Copper Mountain, no Colorado, ela teve que passar por cirurgia que deixou uma grande cicatriz no topo da mão.

“Eu estava praticando snowboard e coloquei minha mão no chão e acertei o portão. Eu tive que parar por uma semana. A coisa boa foi que quando voltei eu estava praticando snowboard, então eu não tive que segurar o poste", explica.

A atleta pretende continuar alternando entre snowboard e esqui na temporada, o problema são as datas de campeonatos que vão coincidir, como o Mundial de Snowboard, marcado para 4 de fevereiro, no mesmo dia do esqui alpino em Are, Suécia. Ledecka defende título no campeonato mundo de snowboarding.


Foto: AP Photo/Alessandro Trovati

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes