Defendendo título mundial no boxe, Adonis Stevenson entra em coma após ser nocauteado

O boxeador canadense de origem haitiana, Adonis "Superman" Stevenson, de 41 anos, está em coma após ser nocauteado pelo ucraniano Oleksandr Gvozdyk, de 31 anos em luta válida pelo Conselho Mundial de Boxe disputada em Quebec City, Canadá. 

O canadense fazia sua 10a. defesa do título mundial de meio-pesados do CMB que era seu desde 2013, e tinha a vantagem de dois cartões favoráveis dos juízes quando no 11o. assalto o adversário reagiu com mais agressividade, o levando para as cordas e disparando uma série de golpes. Aos 2min49s, Stevenson, cercado no corner do ringue, recebeu na cabeça um forte golpe direto de direita de Gvozdyk, que encerrou a luta. 

Adonis Stevenson permaneceu caído por vários minutos e precisou de ajuda para sentar-se e depois chegar aos vestiários. Segundo testemunhas ele chegou a tomar banho, mas sua condição piorou e ele não conseguia se manter em pé. O lutador foi levado de maca para uma ambulância e chegou ao hospital L'Enfant Jesus de Quebec em estado de profunda desorientação.

Durante o domingo, o hospital comunicou que Stevenson se encontrava em estado crítico e que precisou ser posto em coma induzido após seis horas de observação. Um novo comunicado, desta vez feito pelo promotor de boxe Yvon Michel disse que o boxeador apresentava uma ligeira melhora, e o quadro estava estabilizado, embora sem a suspensão da sedação e do coma.

A derrota para Gvozdyk foi a segunda na carreira de Stevenson, que antes só havia perdido para Darnell Boone, dos EUA, em 2010 quando ainda disputava a categoria supermédio.



Foto: Getty

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes