Comitê olímpico russo admite dificuldade em reaver medalhas de atletas flagrados em exames antidoping

O Comitê Olímpico da Rússia (ROC) confirmou que a organização recebeu uma nova carta do Comitê Olímpico Internacional (COI) com pedido para devolver as medalhas olímpicas dos atletas pegos no doping nos Jogos Olímpicos de Verão e Inverno. Segundo a agência de notícias russa "Tass", o COI exigiu que fossem tomadas medidas para que os prêmios fossem devolvidos e redirecionados.

Diretor do departamento legal do ROC, Alexander Brilliantyova revelou que nenhum atleta devolveu medalhas desde o final do ano passado, quando Anna Chicherova retornou o bronze que venceu em Pequim 2008. Vinte e oito de 101 atletas pegos no doping em Pequim 2008 e em Londres 2012 são russos.

As federações nacionais também admitiram que não conseguiram convencer os atletas. Em entrevista à Tass, o diretor-executivo da Federação Russa de Levantamento de Peso disse que muitos medalhistas russos ignoram ou dizem que perderam o prêmio.

"Nós recebemos uma carta do ROC recentemente, não foi a primeira. Nós temos trabalhado nesta área no fim de 2016. Nós mandamos cartas não só para atletas, mas para federações regionais. Alguns atletas ignoram nossos apelos e outros dizem que perderam o prêmio. Alguns atletas deixam claro que não vão devolver. Nenhum dos atletas do levantamento de peso que tiveram suas conquistas canceladas dos Jogos de 2008 e 2018 devolveram suas medalhas" declarou.

O COI informou ao site "insidethegames" que pediu o retorno de "medalhas e diplomas" de 11 atletas russos que foram pegos no doping durante a Olimpíada de Inverno de Sochi, em 2014.


Com informações de globoesporte.com
foto: Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes